Massimo Pinca/Reuters
Massimo Pinca/Reuters

Cristiano Ronaldo iguala recorde da Juventus em vitória sobre a Fiorentina

Com 52 pontos, a 'Velha Senhora' está seis à frente da Inter, que ainda vai enfrentar a Udinese na rodada

Redação, Estadão Conteúdo

02 de fevereiro de 2020 | 11h14

A Juventus deu neste domingo a resposta que sua torcida esperava à derrota para o Napoli, na rodada passada do Campeonato Italiano. Em seu estádio, o time alvinegro derrotou a Fiorentina por 3 a 0, com dois gols de pênalti de Cristiano Ronaldo, e ampliou sua vantagem na liderança da competição.

Com 52 pontos, a Juventus, campeã das últimas oito edições do Italiano, está seis à frente da Internazionale, que ainda neste domingo vai enfrentar a Udinese, fora de casa.

Contra a Fiorentina, Cristiano Ronaldo completou a nona partida consecutiva anotando pelo menos um gol. Assim, igualou o recorde da Juventus, que foi estabelecido pelo francês David Trezeguet em 2005. A maior sequência de jogos com gol na história do Campeonato Italiano é de 11, estabelecida pelo argentino Gabriel Batistuta (em 1994) e pelo italiano Fabio Quagliarella (no ano passado).

O placar do jogo pode levar a crer que a Juventus venceu comodamente, mas não foi assim. A Fiorentina, 14.ª colocada, com 25 pontos, jogou melhor durante boa parte do primeiro tempo e colocou os donos da casa contra as cordas. Aos 22 minutos, o goleiro Szczesny evitou o gol de Chiesa com uma excelente defesa.

Aos 37, ocorreu o lance que mudou a história da partida. Um chute de Pjanic bateu no braço de Pezzella, dentro da área da Fiorentina, e o pênalti foi marcado. A jogada foi revisada pelo VAR e a marcação, confirmada. Na cobrança, Cristiano Ronaldo colocou a Juventus em vantagem no marcador.

As coisas não ficaram mais fáceis para os octocampeões no segundo tempo, pois os visitantes batalharam pelo empate e chegaram perto dele algumas vezes. Faltou à Fiorentina, porém, mais precisão nas jogadas de ataque, aquele poder de fogo que separa os grandes times dos apenas razoáveis.

Uma vez mais, um pênalti tirou a Juventus do sufoco. O árbitro marcou a infração após um encontrão na área dos visitantes, para desespero dos jogadores da Fiorentina, que não concordaram com a marcação. De novo o lance foi revisado pelo VAR, que confirmou o pênalti. Cristiano Ronaldo marcou, então, seu 19.º gol no Italiano - ele tem quatro a menos do que o artilheiro, Ciro Immobile, da Lazio.

Nos acréscimos, quando a equipe de Florença já estava abatida, o zagueiro holandês De Ligt marcou o terceiro gol da Juventus com uma cabeçada firme após cobrança de escanteio feita pelo argentino Dybala.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.