Armando Franca/AP
Armando Franca/AP

Cristiano Ronaldo inaugura busto em aeroporto rebatizado com seu nome

Atleta foi homenageado na Ilha da Madeira, onde nasceu

Estadao Conteudo

29 de março de 2017 | 11h58

Homenageado nesta quarta-feira na Ilha da Madeira, onde cresceu, o atacante português Cristiano Ronaldo afirmou se sentir honrado ao inaugurar um busto na capital Funchal no aeroporto da Ilha da Madeira, que foi rebatizado com o seu nome nesta manhã.

A cerimônia, realizada após o atleta jogar a primeira partida na localidade com a seleção nacional após 16 anos - derrota por 3 a 2 para a Suécia nesta terça -, contou com autoridades portuguesas e do governo local. "Ver este aeroporto levar o meu nome é algo muito especial. Todo mundo sabe que estou orgulhoso das minhas raízes", disse o astro do Real Madrid e da seleção portuguesa.

Cristiano Ronaldo, que estava acompanhado da namorada e da mãe, não se esquivou de falar sobre a polêmica que envolve a troca do nome do aeroporto na ilha. "Não pedi, mas não sou hipócrita e assumo que me sinto lisonjeado e isso me faz muito feliz", completou.

A decisão foi tomada pelo presidente do governo regional do Arquipélago da Madeira, Miguel Albuquerque, em julho do ano passado, menos de duas semanas após a conquista da Eurocopa pela seleção portuguesa, que teve Cristiano Ronaldo como grande herói.

A homenagem não teve aceitação unânime na ilha. O diplomata português Francisco Seixas da Costa, que já representou o país na ONU, ocupando o cargo de secretário de estado de assuntos europeus, publicou o seu descontentamento sobre o tema nas redes sociais. "O oportunismo turístico tem limites, que são os do bom senso, da justiça e, claro, do ridículo", afirmou.

O Jornal de Notícias, de Portugal, divulgou uma enquete com alguns moradores da ilha que estão divididos sobre o assunto. Houve quem classificasse a decisão como "publicidade e promoção".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.