Patricia de Melo Moreira/AFP
Patricia de Melo Moreira/AFP

Cristiano Ronaldo diz que volta em até duas semanas após lesão

Atacante da Juventus deixou o jogo da seleção portuguesa ainda no primeiro tempo da partida contra a Sérvia

Redação, O Estado de S.Paulo

25 de março de 2019 | 20h54

Cristiano Ronaldo tratou de tranquilizar os seus fãs ao passar pela zona mista após o empate entre Portugal e Sérvia por 1 a 1, nesta segunda-feira, no estádio da Luz, em Lisboa, pela segunda rodada das Eliminatórias da Eurocopa de 2020. O craque português pediu substituição após sentir uma lesão muscular aos 29 minutos de jogo.

"Não estou preocupado com isso, conheço meu corpo e quem anda na chuva, se molha", afirmou o jogador da Juventus, para os jornalistas, a quem garantiu que deverá retornar aos gramados em "uma ou duas semanas".

Após os dois empates, diante de Ucrânia e Sérvia, nas duas primeiras rodadas das Eliminatórias, Cristiano Ronaldo disse que "é preciso extrair lições positivas dessas partidas". "Jogamos bem e tivemos oportunidades, simplesmente a bola não entrou e isso é o futebol". Na opinião do craque, Portugal possui "potencial para o presente e futuro. Os portugueses têm de estar tranquilos e felizes".

Cristiano Ronaldo criticou a decisão do árbitro, que cancelou um pênalti, após consultar o assistente que fica atrás do gol. "Fomos prejudicados no pênalti, poderíamos ter ganho a partida. É futebol", afirmou.

O capitão da seleção fez questão de transmitir otimismo para os torcedores. "Garanto que vamos fazer tudo para estarmos na Eurocopa de 2020. Não há motivo para ficarem nervosos ou perder a esperança nesta equipe", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.