PAUL ELLIS/AFP
PAUL ELLIS/AFP

Viagem de Cristiano Ronaldo causou surpresa no vestiário do Manchester United no clássico com City

Mesmo cortado do jogo por causa de lesão no quadril, presença do craque português era vista como importante para apoiar o elenco, que perdeu por 4 a 1

Redação, O Estado de S.Paulo

07 de março de 2022 | 12h16

Os rumores sobre o mal-estar de Cristiano Ronaldo no Manchester United ganharam mais um novo capítulo neste domingo. Com uma lesão no quadril, o atacante português não foi relacionado para o clássico, que terminou com goleada do City por 4 a 1 pelo Campeonato Inglês, e decidiu viajar para Portugal. Sua ausência no vestiário pegou alguns jogadores do United de surpresa, segundo o site The Athletic.

Embora a presença de jogadores contundidos em dias de jogos não seja regra no clube, a ida do principal nome do time ao jogo da cidade era esperada. O Manchester United vive uma temporada de frustrações, mesmo com a contratação de Cristiano Ronaldo. Nos últimos dez jogos, o craque português marcou apenas um gol. Está em baixa.

Em fevereiro, pela Copa da Inglaterra, ele perdeu um pênalti e viu o time ser eliminado pelo Middlesbrough, da segunda divisão. A imprensa inglesa vem noticiando insatisfações do português com o desempenho ruim do time, que está fora da disputa pelo título inglês, 22 pontos atrás do líder Manchester City, de Pep Guardiola.

Na vitória do Manchester United sobre o Brighton por 2 a 0, pelo Campeonato Inglês, o atacante usou as redes sociais para mandar um recado à torcida. "De volta aos trilhos! Ninguém desiste e só há uma maneira de voltar ao caminho certo: trabalho duro, trabalho em equipe, trabalho sério. Tudo o resto é apenas barulho", escreveu o craque português em sua conta oficial no Instagram.

O Manchester United volta a campo apenas no sábado, às 14h30, contra o Tottenham, pelo Campeonato Inglês. Com os resultados da última rodada, a equipe está na quinta posição, com 47 pontos, e foi ultrapassada pelo Arsenal, que tem três jogos a menos. Os quatro primeiros colocados garantem vaga na fase de grupos da Liga dos Campeões da próxima temporada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.