Kiko Huesca/EFE
Kiko Huesca/EFE

Cristiano Ronaldo marca 2 em volta 'forçada' de Casillas

Após expulsão de Adán, José Mourinho se viu obrigado a colocar em campo o ex-capitão da equipe

AE, Agência Estado

06 de janeiro de 2013 | 16h17

MADRI - O português José Mourinho se viu obrigado a colocar Casillas para defender a meta do Real Madrid neste domingo, diante da Real Sociedad. Logo aos 6 minutos de jogo, Adán cometeu pênalti, foi expulso e o antigo capitão, mais uma vez na reserva, voltou a ganhar uma chance na equipe. Casillas não pegou a cobrança, levou três gols, mas o time madrilenho venceu, por 4 a 3.

Cristiano Ronaldo, que neste segunda-feira vai saber se será eleito o melhor do mundo na eleição da Fifa, marcou dois gols. Com isso, chegou a 16 em 18 jogos do Campeonato Espanhol, ainda longe de Messi, que tem incríveis 26 gols no torneio e é o grande favorito para ser eleito o melhor do mundo pela quarta vez seguida.

O jogo no Santiago Bernabéu começou movimentado. Logo aos 2 minutos, Benzema recebeu de Khedira, livre no meio da área, e bateu na saída do goleiro Bravo. Quatro minutos depois, a zaga do Real quis tocar bola na área defensiva e Ricardo Carvalho perdeu a bola para Vela. Adán saiu mal do gol e derrubou o mexicano.

Com o escolhido de Mourinho expulso, não restou outra alternativa senão Casillas entrar em campo, para a saída de Callejón. Xavi Prieto bateu o pênalti e deixou tudo igual.

No lance seguinte, quase que Casillas justificou a reserva. Num lance parecido com o do pênalti, ele saiu jogando errado e deu a bola nos pés Prieto. O meia tentou bater de primeira, aproveitando o gol aberto, mas chutou para fora.

O Real só conseguiu virar aos 35 minutos. Em sobra de uma cobrança de escanteio, Ricardo Carvalho arriscou de fora da área. No meio do caminho, Khedira desviou de calcanhar e fez bonito gol. Mas, logo depois, a Real Sociedad voltou a empatar. Xavi Prieto aproveitou espaço na área e fez.

Melhor em campo, Cristiano Ronaldo brilhou no segundo tempo. Ele fez o terceiro do Real aos 22, após receber bom passe de Benzema na área. E marcou também o quarto, aos 25, de falta. No lance, o goleiro Bravo falhou feito e não pegou a bola que foi em cima dele.

O time da casa ainda acertaria duas bolas na trave, uma com Higuain, outra com Cristiano Ronaldo, mas quem marcou foi a Real Sociedad, mais uma vez com Xavi Prieto, que fez o terceiro dele.

Com a vitória, o Real Madrid foi a 36 pontos, abrindo cinco em relação ao Málaga, o quarto colocado. O Barcelona, com 49, e o Atlético de Madrid, com 40, estão à frente, mas ainda jogam por esta 18.ª rodada. Com 25 pontos, a Real Sociedad aparece em oitavo.

Mais cedo, o Celta venceu o Valladolid por 3 a 1 e foi a 18 pontos, se afastando da zona de rebaixamento. Iago Aspas marcou duas vezes para o time de Vigo e Álex López completou o placar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.