Cristiano Ronaldo minimiza 'tristeza' e comemora vitória do Real Madrid

Português marcou o gol do triunfo da equipe de Madri na estreia na Copa dos Campeões

EFE

18 de setembro de 2012 | 22h55

MADRI - Autor do gol da vitória do Real Madrid por 3 a 2 sobre o Manchester City nesta terça-feira, na estreia dos dois times no grupo D da Liga dos Campeões, o atacante Cristiano Ronaldo preferiu deixar de lado as declarações recentes de que vem se sentindo triste profissionalmente para comemorar os três pontos obtidos em casa.

Na partida disputada no estádio Santiago Bernabéu, o Real esteve em desvantagem no placar duas vezes, em 1 a 0 e 2 a 1, mas Benzema e Cristiano fizeram um gol cada e garantiram o triunfo de virada.

"Foi uma maneira muito bonita de vencer. Tenho que agradecer à torcida, que foi muito bem e nos ajudou muito a conseguir a vitória. Para ser sincero, não pensei em nada disso (nas declarações). O importante é que o Real Madrid tem que ser vencedor. Não importa o passado, interessa o presente, que é bom. Não importa como eu estou", declarou o atacante português após o jogo.

No último dia 2, Cristiano Ronaldo abriu espaço para o surgimento de boatos sobre sua situação no Real e sobre seu futuro ao não comemorar os dois gols que fez na vitória por 3 a 0 da equipe madrilenha sobre o Granada e dizer após o duelo que estava triste profissionalmente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.