Cristiano Ronaldo pede 'pés no chão' a Portugal

Bastaram duas grandes atuações para que Cristiano Ronaldo atraísse os holofotes para si na Eurocopa. Nesta quinta-feira, ele voltou a atuar muito bem, com um gol e duas bolas na trave, e classificou Portugal para a semifinal da competição continental. O craque, porém, sabe que ainda falta muito para o título e, pela frente, só jogos difíceis. Na semifinal, por exemplo, o adversário será Espanha ou França, que se enfrentam no sábado.

AE, Agência Estado

21 de junho de 2012 | 19h19

Por isso, Cristiano Ronaldo prega ''pés no chão'' para o elenco do qual é o capitão. "Foi mais uma etapa conseguida. Agora vamos ver quem vamos enfrentar. A esperança é grande, mas vamos com os pés no chão. A próxima partida é para ganhar", disse o jogador, em entrevista à rede de televisão portuguesa RTP.

O craque da Portugal classificou como "super justa" a vitória por 1 a 0 sobre a República Checa, nesta quinta, com gol dele, mas preferiu ressaltar a força do grupo quando perguntado sobre o seu papel no resultado. "O bom é a equipe, o espírito de grupo. Percorremos um caminho muito difícil."

Já o técnico Paulo Bento, apesar de afirmar que o título da Eurocopa ainda está longe, já se vê passeando por todas as sedes ucranianas da competição. "O objetivo é ganhar a semifinal e jogar nas quatro cidades da Ucrânia", comentou o treinador, que já esteve em Lviv e Járkov na fase de grupos, jogará a semifinal em Donetsk contra Espanha ou França e sonha, depois, estar na final em Kiev.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.