Javier Soriano/AFP
Javier Soriano/AFP

Cristiano Ronaldo recebe sua 4ª Chuteira de Ouro: 'Quero mais'

Atual melhor do mundo marcou 48 gols no último Espanhol

Estadão Conteúdo

13 de outubro de 2015 | 11h17

A terça-feira foi de celebração para Cristiano Ronaldo. O craque português do Real Madrid recebeu pela quarta vez a Chuteira de Ouro, após ser o jogador que marcou mais gols em todos os campeonatos nacionais na temporada passada, em evento realizado em um hotel de Madri.

"É um momento bonito na minha vida esportiva. Receber esta quarta Chuteira de Ouro é uma honra e um grande privilégio. É um troféu muito importante e quero agradecer a meus companheiros, porque sem eles não seria possível. Desde que eu vim para este clube, eu tinha que pensar grande", disse o português.

Cristiano Ronaldo fez 48 gols em 35 partidas na última edição do Campeonato Espanhol, se tornando o primeiro jogador a faturar a Chuteira de Ouro pela quarta vez. Três dessas conquistas foram asseguradas pelo Real Madrid. Seu outro prêmio veio pelo Manchester United na temporada 2007/2008. E apesar de já ser o recordista, ele avisou que ainda quer conquistar mais vezes a Chuteira de Ouro.

"Eu sempre quero mais. Eu sei que sou o único com quatro, mas eu quero mais. Isso significa ganhar troféus com o maior clube do mundo. Este ano não é diferente e queremos vencer o campeonato, a Copa do Rei e a Liga dos Campeões. Eu espero que nos vejamos no próximo ano. Estou feliz que meu filho e minha mãe me viram receber esse prêmio. É um momento especial", acrescentou.

Na cerimônia, Cristiano Ronaldo foi acompanhado, além da sua mãe e do seu filho, pelo presidente e pelo técnico do Real Madrid, Florentino Pérez e Rafa Benítez, respectivamente, e também pelo embaixador de Portugal na Espanha.

A honraria a Cristiano Ronaldo foi entregue apenas alguns dias após o craque português, eleito pela Fifa o melhor jogador do mundo no último ano, se tornar o maior artilheiro da história do Real Madrid, com 324 gols, superando Raul Gonzalez. E, nos últimos dias, ele contribuiu para a seleção de Portugal sacramentar a sua classificação para a Eurocopa de 2016, que vai ser disputada na França.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.