Miguel Medina/AFP
Miguel Medina/AFP

Cristiano Ronaldo se despede da Juventus e acerta retorno ao Manchester United e não City

Time inglês contrata astro português de 36 anos em negociação relâmpago. Jogador se despediu dos companheiros do time italiano nesta sexta-feira, havia a possibilidade de atuar no rival, mas o negócio não se concretizou

Redação, O Estado de S.Paulo

27 de agosto de 2021 | 13h11

Cristiano Ronaldo é do Manchester United! O clube inglês anunciou o retorno do atacante de 36 anos nesta sexta-feira em uma negociação que pegou o mercado do futebol de surpresa. O astro português teve o nome especulado no Manchester City após informar à diretoria da Juventus que não gostaria de seguir na equipe italiana, mas terminou por assinar contrato com os 'Diabos Vermelhos', onde se projetou mundialmente antes de se transferir para o Real Madrid, em 2009. 

Cristiano Ronaldo deixou a Juventus depois de três temporadas, período no qual conquistou dois títulos do Campeonato Italiano, da Copa da Itália e da Supercopa da Itália. Ele se despediu dos companheiros de elenco nesta sexta. Na entrevista coletiva, o técnico Massimiliano Allegri disse que o jogador "não tinha mais a intenção de ficar."

Seu desafio agora será recolocar o Manchester United entre os principais clubes do mundo. O time inglês não vence a Liga dos Campeões desde a sua saída e seu último título do Campeonato Inglês foi em 2012-2013. A conquista recente mais significativa foi a Liga Europa da temporada 2016-2017 - na última edição desta competição continental, foi vice ao perder na final para o Villarreal, da Espanha.

Foi pelo Manchester United, na temporada 2007-2008, que ele conquistou pela primeira vez o título da Liga dos Campeões da Europa e o prêmio de melhor jogador do mundo pela Fifa. A torcida do United tem o adora.

Pouco tempo após o acordo ser anunciado, Cristiano Ronaldo publicou uma carta de despedida para a torcida da Juventus. O jogador reconheceu que não alcançou todos os objetivos que gostaria, mas afirmou que sempre teve o respeito dos torcedores e exaltou a grandez do clube italiano.

"Hoje parto de um clube incrível, o maior da Itália e com certeza um dos maiores de toda a Europa. Eu dei meu coração e alma pela Juventus e sempre amarei a cidade de Torino até meus últimos dias. Os torcedores sempre me respeitaram e tentei agradecer esse respeito lutando por eles em todos os jogos, em todas as temporadas, em todas as competições. No final, todos podemos olhar para trás e perceber que conquistamos grandes coisas, não tudo o que queríamos, mas ainda assim, escrevemos uma bela história juntos. 

Revelado pelo Sporting Lisboa, Cristiano Ronaldo chegou ao United aos 18 anos, na temporada 2003-2004. Saiu seis anos depois já consagrado como um dos grandes nomes do futebol mundial, com nove títulos conquistados, incluindo três edições do Campeonato Inglês, além da Liga dos Campeões e do Mundial de Clubes da Fifa de 2008.

No Real Madrid, o português teve ainda mais sucesso internacional com mais quatro títulos da Liga dos Campeões e outras quatro eleições de melhor do mundo, entre 2013 e 2017. Trocou o clube espanhol pela Juventus em 2018 sendo ídolo máximo da atual geração de torcedores e maior artilheiro da história do clube madrilenho, com 450 gols em nove temporadas. Sua volta a Manchester provocou notícia no mundo inteiro.

City chegou a se assanhar para ter Cristiano Ronaldo, mas depois de muitas conversas desistiu no negócio, abrindo brecha para o rival da cidade. Torcedores do United cheharam a rasgar camisas de CR7 quando souberam que ele podia parar no City. Talvez isso tenha influenciado as mudanças de planos do clube e também do atacante. Nesta sexta, o United fechou o negócio. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.