Andres Kudacki/AP
Andres Kudacki/AP

Cristiano Ronaldo seria bem-vindo de volta ao United, diz técnico

Ferguson, porém, acredita que jogador português do Real Madrid atualmente é 'incomprável'

Reuters

18 de novembro de 2012 | 10h43

LONDRES - Cristiano Ronaldo seria sem bem-vindo se quisesse voltar a jogar pelo Manchester United, mas o técnico Alex Ferguson duvida de sua volta porque o jogador, agora no Real Madrid, é agora "incomprável".

 

O craque português, de 27 anos, chegou no United por 12 milhões de euros (US$ 19 milhões), do Sporting de Lisboa em 2003, e foi vendido ao Real Madri pelo preço recorde de 80 milhões de euros em julho de 2009.

Coincidentemente, ele voltará a jogar em Manchester na quarta-feira, mas na partida do Real contra o Manchester City pela Champions League. "Gosto de pensar que a porta sempre estará aberta para ele voltar, mas não acho que isso acontecerá", disse Ferguson a jornais dominicais britânicos.

"Estamos falando de incríveis quantias de dinheiro agora. Qual você acha que seria o valor dele?", perguntou. "Ele é definitivamente incomprável. Que poderia pagar por ele? Há boatos sobre os russos, talvez. Mas você acha que ele iria para a Rússia? Ele reclamou do clima lá, sem considerar o meio do inverno no país", complementou.

Ronaldo venceu três títulos do campeonato inglês pelo United, assim como a Champions League de 2008.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.