Juan Medina/Reuters
Juan Medina/Reuters

Cristiano Ronaldo vê duelo 'em aberto' contra Manchester

Jogador português admite que gostaria de ter feito mais gols no confronto em Madri

AE-AP, Agência Estado

13 de fevereiro de 2013 | 20h49

MADRI - O empate por 1 a 1 diante do Manchester United, em casa, pela partida de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa, não era o resultado que os jogadores do Real Madrid esperavam. Na partida de volta, no dia 5 de março, em Old Trafford, o time inglês pode até ficar no empate sem gols que garante vaga nas quartas de final. Mesmo assim, para Cristiano Ronaldo, o confronto está "em aberto" e ambas as equipes podem avançar.

"Foi uma partida muito disputada, o Manchester é uma equipe sólida na defesa", declarou. "Queríamos marcar mais gols, mas não concretizamos. Está tudo em aberto, vamos ao Old Trafford e temos a responsabilidade de fazer gols lá. Sempre temos a iniciativa, então vamos tentar ganhar."

Ex-jogador do Manchester United, onde atuou de 2004 a 2009, Cristiano Ronaldo era tido como principal personagem do confronto antes da partida. E ele não decepcionou os torcedores madrilenhos, anotando o gol de empate da equipe aos 29 minutos do primeiro tempo - Welbeck havia marcado para os ingleses aos 18.

O português, no entanto, não comemorou o gol, em respeito ao ex-clube. Após o jogo ele admitiu o carinho pelo Manchester. "É uma casa pela qual joguei por seis anos, onde cheguei ainda como um garoto", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.