Daniel Augusto Jr/ Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/ Agência Corinthians

Cristóvão adia volta de Pato ao Corinthians: 'Ele não se sente pronto'

Atacante vivia a expectativa de enfrentar o Figueirense sábado

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

22 de julho de 2016 | 11h57

A reestreia de Alexandre Pato pelo Corinthians foi adiada. Após o técnico Cristóvão Borges anunciar que o jogador participaria da partida contra o Figueirense, sábado, no Itaquerão, o treinador anunciou nesta sexta-feira que o atacante não apresenta condições físicas para jogar neste momento e seu retorno será adiado.

"Ele não está relacionado para a partida contra o Figueirense e não vai participar deste jogo. Fizemos uma avaliação e ele não apresenta condições. Conversamos com o atleta e ele não se sente ainda pronto para jogar. Pato está vendo a expectativa em torno dele e quer voltar bem", disse o treinador, após treino realizado nesta manhã, no CT Joaquim Grava.

Para evitar ainda mais pressão, Cristóvão não quis confirmar se o atacante estará em condições de atuar no domingo da semana que vem, contra o Internacional, em Porto Alegre. "Não posso adiantar porque vocês vão ficar me pressionando. A gente tem avaliação, faz monitoramento dos treinos e seguimos o trabalho. A velocidade de vocês (jornalistas) é maior do que a nossa", brincou.

Sem Pato, Cristóvão confirmou o time com Léo Príncipe na lateral-direita, substituindo Fagner, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, e ainda optou por André no ataque, no lugar de Danilo, que retorna ao banco de reservas. No meio, Giovanni Augusto e Guilherme disputam vaga. 

Sobre Léo Príncipe, que fará sua estreia pelo time alvinegro, o treinador disse passar confiança ao garoto. "Já conversei bastante com ele e disse que é uma grande oportunidade. O que eu disse é que ele não tem obrigação de ser o melhor do jogo", explicou o comandante corintiano. Assim, o Corinthians encara o Figueirense com Cássio; Léo Príncipe, Yago, Balbuena e Uendel; Bruno Henrique, Rodriguinho, Giovanni Augusto (Guilherme), Romero e Marquinhos Gabriel; André.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.