Cristóvão comemora Fluminense 'na frente' e minimiza gol no fim

'Resistimos até quase o final do jogo. O mais importante é ganhar. Estamos na frente', festeja técnico após triunfo sobre Goiás por 2 a 1

Estadão Conteúdo

29 de agosto de 2014 | 08h57

O Fluminense superou o Goiás por 2 a 1, na noite desta quinta-feira, no Maracanã, no jogo de ida entre os times pela Copa Sul-Americana, mas poderia ter assegurado uma vantagem mais confortável para a partida de volta, em Goiânia, se não tivesse tomado um gol aos 48 minutos do segundo tempo. Após a partida, porém, o técnico Cristóvão Borges exaltou a vitória e minimizou o peso do gol que dá ao rival a chance de avançar de fase na competição com um triunfo por 1 a 0, na próxima quarta-feira, no Serra Dourada.

"Sempre que se ganha, o sentimento é de tranquilidade. Estou contente. O importante é ganhar. Lógico que tem de se avaliar o tipo de competição. Tomar gol em casa tem o seu valor. Não era a ideia. Resistimos até quase o final do jogo. O mais importante é ganhar. Estamos na frente", ressaltou o treinador.

Cristóvão também enalteceu a boa atuação do volante Edson, seguro na parte defensiva e que ainda foi decisivo ao marcar os dois gols da equipe tricolor na partida. "Foi especial para o Edson. Ficamos contentes. Precisamos dos jogadores em condições. Marlon atuou também para ganhar ritmo. Ia colocar o Diguinho também por isso. Vem de contusão, precisa de ritmo. O Edson aproveitou de novo a oportunidade. Tem treinado bem e jogado bem. Fico feliz quando isso acontece", comemorou o comandante.

Já ao projetar o duelo deste domingo, contra o Corinthians, no Itaquerão, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro, Cristóvão exibiu preocupação com a recuperação física da equipe, que precisou se desdobrar após a expulsão do goleiro Klever ainda na primeira etapa do jogo com o Goiás. "Atuamos um tempo todo com dez jogadores. Há desgaste muito grande. Temos de recuperar. Em pouco tempo. O jogo contra o Corinthians vai exigir bastante. Precisamos ganhar e vamos buscar um bom resultado", completou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFluminenseCopa Sul-Americana

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.