Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Cristóvão espera por mais cobranças e minimiza queda do Corinthians

Tropeços nas últimas rodadas fizeram o time despencar na tabela e deixar o G4

Estadão Conteúdo

15 Agosto 2016 | 07h30

A sequência de três jogos sem vitórias fez com que o Corinthians caísse na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. O time, que teve a chance de assumir a liderança neste domingo, caiu para o quinto lugar e o técnico Cristóvão Borges acredita que o time passará a ter ainda mais pressão para voltar a ganhar. Entretanto, demonstra indiferença com a cobrança.

"O Corinthians é uma das equipes brasileiras mais vencedoras nos tempos atuais e isso faz com que seja sempre cobrado. A gente, apesar de no começo do campeonato não ser uma equipe em que se acreditava muito, está surpreendendo e brigando na ponta. Quando você não consegue ganhar, as coisas acontecem. A pressão, o questionamento vem e assim que vamos conviver até voltar a ganhar", disse o comandante corintiano.

Cristóvão Borges acredita que tudo mudará com um resultado positivo. "Assim como algumas rodadas atrás, poderíamos ir para a liderança. Ninguém conseguiu disparar ainda, mas essas partidas sem vencer aumentam a cobrança. Ela existia e vai continuar. Quando ganharmos, as coisas voltam para o lugar".

O treinador ainda alertou que o crescimento do Corinthians no ano passado se deu justamente na segunda parte do campeonato e acha que o fato pode se repetir. "A equipe desde o começo do ano está em reconstrução, porque a equipe campeã do ano passado foi praticamente desfeita. Ano passado a equipe campeã ainda não tinha se transformado, foi do segundo semestre para o final. Estamos vivendo esse processo e é natural que com as oscilações essas coisas acontecem", minimizou.

O elenco corintiano está de folga nesta segunda-feira e retorna aos treinos nesta terça. O time volta a campo na segunda que vem para encarar o Vitória, às 20 horas, no estádio Itaquerão, em São Paulo, pela 21.ª rodada. Para esta partida, Cristóvão Borges contará com o retorno do meia Elias, suspenso diante do Grêmio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.