Bruno Haddad/Divulgação
Bruno Haddad/Divulgação

Cristóvão exalta atuação decisiva de promessa do Flu

Robert, meia de apenas 18 anos, formado nas categorias de base do clube, sai do banco e marca o gol da vitória sobre o Bangu

Estadão Conteúdo

09 de fevereiro de 2015 | 09h29

O gol da difícil vitória do Fluminense por 2 a 1 sobre o Bangu, domingo, no Maracanã, pela terceira rodada do Campeonato Carioca, acabou saindo dos pés de um jogador formado nas divisões de base do clube. O atacante Robert saiu do banco de reservas no intervalo e desempatou a partida aos 39 minutos do segundo tempo, o que levou o técnico Cristóvão Borges a exaltar as revelações de Xerém.

"Os jogadores estão tendo chances e estão contribuindo. Os mais jovens, da casa, também. Alguns tiveram chance no ano passado e demonstraram isso. Estamos aguardando a volta dos que estavam na seleção sub-20", afirmou o treinador.

Apesar do triunfo sofrido, Cristóvão garantiu que já esperava enfrentar problemas, em razão do estilo de jogo do Bangu. "O jogo contra o Friburguense também foi difícil, tivemos dificuldades. O Bangu ofereceu dificuldades, mas estávamos preparados para isso. O Bangu joga no contra-ataque, e a gente joga no ataque o tempo todo. Quando a bola não entra, corremos perigo", comentou.

Com nove pontos e 100% de aproveitamento, o Fluminense lidera o Campeonato Carioca e volta a entrar em campo na próxima quinta-feira, às 17 horas, para enfrentar o Boavista, em Bacaxá, pela quarta rodada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.