Nelson Perez/ Divulgação
Nelson Perez/ Divulgação

Cristóvão reafirma desejo de ficar no Fluminense em 2015

Treinador, que tem contrato até 31 de dezembro, está conduzindo a equipe desde abril e não conseguiu levá-la à Copa Libertadores

RONALD LINCOLN JR., O Estado de S. Paulo

05 de dezembro de 2014 | 19h05

O contrato do técnico Cristóvão Borges com o Fluminense se encerra no dia 31 de dezembro deste ano, mas o treinador já afirmou o interesse de seguir no time em 2015. O presidente Peter Siemsen indicou que o clube vai fazer uma redução de gastos na próxima temporada, mas, segundo o treinador, isso não será entrave para a renovação de seu vínculo.

"A minha renovação vai depender de conversa, não da parte financeira. Existe a vontade do clube e a minha vontade. Conversando, resolve-se isso", garantiu Cristóvão nesta sexta-feira.

O treinador está conduzindo o time carioca desde abril e não conseguiu levá-lo ao objetivo de chegar à Libertadores. Contudo, avaliou positivamente seu trabalho. "Meu desejo é continuar. Fui muito bem, acho que o trabalho foi bom, muitas coisas boas, outras não boas, mas é natural. Vejo a continuidade como algo muito importante", considerou.

Cristóvão Borges volta a comandar o Fluminense contra o Cruzeiro neste domingo, no estádio do Mineirão, pela última rodada do Campeonato Brasileiro. Como sua permanência para 2015 ainda não foi definida, este pode ser seu adeus no clube carioca

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFluminenseCristóvão Borges

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.