Criticado, Bolívar pede para não jogar no Inter

Pressionado por parte dos torcedores do Inter, que pediam a sua saída da equipe, o zagueiro e capitão Bolívar se reuniu com o técnico Dorival Júnior nesta terça-feira e pediu para ser afastado dos jogos do Inter. Assim, ele não enfrenta o América-MG nesta quarta, no Beira-Rio, em Porto Alegre, pela 22ª rodada do Brasileirão, e não tem sequer um prazo para voltar ao time.

AE, Agência Estado

06 de setembro de 2011 | 19h48

"Tive uma conversa com o Dorival Júnior sobre o atual momento. As críticas passaram um pouco do limite, estão indo para o lado pessoal. Por tudo isso, pedi para ele dar chance para outro jogador nesta partida. Vou continuar trabalhando e vou estar à disposição do Inter", afirmou Bolívar, que tem 31 anos e defende o clube gaúcho desde 2008, além de passagem anterior de 2003 a 2006.

Apesar do passado de glórias no Inter, Bolívar vinha sendo muito criticado pelos torcedores por causa de suas últimas atuações - havia até uma campanha na internet para pedir a sua saída do time. Na última rodada, o veterano zagueiro não jogou por estar suspenso. Agora, pediu para ser afastado. Apesar de acatar o desejo do jogador, Dorival Júnior saiu em sua defesa e lhe fez vários elogios.

Assim, sem Bolívar, a zaga do Inter continua sendo formada por Juan e Rodrigo Moledo - o zagueiro Índio está suspenso. A principal novidade do time, porém, é o retorno do meia argentino D''Alessandro, recuperado da contusão muscular sofrida no dia 24 de agosto. Mas Dorival Júnior fez mistério sobre o restante da escalação, porque também tem dúvida sobre a presença do atacante Leandro Damião.

Leandro Damião defendeu a seleção brasileira na vitória sobre Gana, no amistoso disputado na segunda-feira, em Londres, quando marcou o único gol do jogo. Diante disso, Dorival Júnior ainda quer conversar com o atacante na concentração antes de definir a sua escalação. "Vamos ouvi-lo e sentir como ele está. Se for o caso, joga somente o segundo tempo", explicou o treinador.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolInterBolívar

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.