Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Criticado, Mano Menezes ganha apoio de Petros e Bruno Henrique

Jogadores defenderam o trabalho do treinador do Corinthians, bastante questionado pela torcida

Vítor Marques, O Estado de S. Paulo

22 de maio de 2014 | 18h13

SÃO PAULO - O meia Petros e o volante Bruno Henrique defenderam o trabalho de Mano Menezes, criticado pela torcida após o empate do Corinthians por 1 a 1 contra o Atlético-PR, no Brasileirão. Segundo os jogadores, não é hora de falar de troca de técnico.

"Acho que é precipitado, temos um cultura de crucificar o treinador, perdemos apenas um jogo no campeonato. Se tivéssemos ganho ontem (quarta-feira) não teriam vaias nem cobranças. Desperdiçamos dois pontos, não existe dúvida nem crítica ao trabalho do Mano", disse o meia Petros.

Para o volante Bruno Henrique, a cobrança é muito grande no Corinthians e o torcedor tem de entender que o time está procurando melhorar o desempenho no Brasileirão. Mano, segundo o Bruno Henrique, faz um bom trabalho.

"Não existe dúvida no trabalho do Mano, o Brasileiro é muito disputado, houve a reformulação toda. O time está ganhando corpo, os jogadores estão entendendo isso, vamos dar a volta por cima e acreditamos muito no trabalho do Mano."

Mano Menezes assumiu a responsabilidade pela má fase do time. O setor ofensivo é o ponto mais crítico. O Corinthians não vence há três jogos. No domingo, o time vai a Recife e enfrenta o Sport na Ilha do Retiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.