Criticado pela torcida, Zé Ricardo pede apoio para 'estreia' no Luso-Brasileiro

Segundo o treinador, tem faltado confiança aos jogadores do rubro-negro em sequência ruim

Estadão Conteúdo

12 de junho de 2017 | 08h50

Sob forte crítica da torcida, o técnico Zé Ricardo faz um apelo para o Flamengo receber o apoio maciço dos fãs para o jogo contra a Ponte Preta, na quarta-feira. Será a "estreia" do rubro-negro no estádio Luso-Brasileiro, que o Flamengo vem chamando de Ilha do Urubu como sua "nova arena" para a temporada.

"Peço a compreensão de todos, porque vamos precisar de apoio. Que as cobranças venham depois em cima de mim e dos jogadores, mas que durante a partida tenhamos a força dos torcedores contra um adversário difícil. Sob pressão, as coisas tendem a ser piores. Peço à torcida que compareça em massa", pediu o treinador.

Zé Ricardo vem sendo contestado à frente da equipe nas últimas semanas. Na quinta-feira passada, chegou a enfrentar forte protesto dos torcedores no desembarque no Rio de Janeiro, após derrota para o Sport, em Recife. Novas reclamações da torcida aconteceram na sexta. Neste domingo, o Flamengo empatou por 1 a 1 com o Avaí, em Florianópolis.

"A verdade é que o nosso momento não é bom. Nesse momento falta um pouco mais de confiança para a gente poder buscar o resultado dentro de campo. Às vezes acontecem dois, três lances em que o jogador acaba não acertando e fica faltando confiança. Não está faltando empenho. A confiança precisa retornar e só com as vitórias vamos conseguir [recuperá-la]", comentou, ao fim da partida disputada em Santa Catarina.

Zé Ricardo admitiu que o Flamengo segue estagnado, sem mostrar evolução depois dos resultados da semana passada - empatou sem gols com o Botafogo no fim de semana anterior. "O que mais temos batido é que, além dos resultados não estarem acontecendo, precisamos melhorar nossa performance. Agora é descobrir, tentar, bater na tecla da cobrança para melhorar. Com certeza desta forma a gente vai se aproximar e vencer também."

A sequência de tropeços empurrou o Flamengo para a parte inferior da tabela. Com sete pontos, está na 15ª colocação, apenas duas posições acima da zona de rebaixamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.