Croácia se salva no final e só empata com Irã em casa

A seleção da Croácia - primeira adversária do Brasil na Copa do Mundo - decepciona e empata em amistoso contra o Irã por 2 a 2, em Osijek, na Croácia, neste domingo. Uma boa notícia para a seleção brasileira é que o time croata que entrou em campo foi bem parecido com o que enfrentou o Brasil no dia 17 de agosto do ano passado, em Slit, também na Croácia. Na ocasião o jogo terminou 1 a 1 e a equipe da casa foi: Butina (Pletikosa); Tomas (Simic), Robert Kovac e Simunic; Srna, Tudor, Niko Kovac e Babic; Kranjcar (Seric); Klasnic (Balaban) e Olic (Da Silva). Neste domingo, o time que empatou com o Irã foi: Pletikosa; Tomas (Tokic), Robert Kovac (Vranjes) e Simic; Srna (Leko), Tudor (Modric), Nico Kovac e Babic; Kranjcar ; Klasnic e Prso (Olic). Neste domingo a Croácia já começou tomando um susto aos 21 minutos do primeiro tempo, quando Karimi abriu o placar para os visitantes. Mas o atacante Prso logo igualou aos 32. O jogo seguiu com o Irã apostando nos contra-ataques, e foi em um deles, aos 37 minutos do segundo tempo, Borhani fez o gol que calou os torcedores croatas. A equipe da casa foi para o desespero e começou a alçar bolas na área do Irã, e a tática deu certo. Já nos descontos, Olic salvou o selecionado local. No grupo F a Croácia pega, além do Brasil, japão e Austrália. O Irã está no grupo D da Copa, com México, Portugal e Angola. Já a Ucrânia, mesmo estreando em mundiais, mostrou sua força e, mesmo sem sua grande estrela, Andriy Shevchenko, bateu com facilidade a Costa rica com um sonoro 4 a 0. Gols do meia Nazarenko, aos 35 minutos do primeiro tempo; do atacante Vorobey, aos 39; do volante Kalinichenko, aos 40; e do atacante Byelik aos 10 do segundo. Na Copa da Alemanha a Ucrânia enfrenta Espanha, Tunísia e Arábia Saldita no grupo H. A costa Rica está no grupo A, com Alemanha, Polônia e Equador. A equipe do técnico brasileiro naturalizado costariquenho, Alexandre Guimarães, faz o primeiro jogo do mundial contra os donos da casa, em Munique, no dia 9 de junho. Aliás, o Equador, outra seleção do grupo A foi a grande decepção dos amistosos deste domingo. Jogando na Espanha, perdeu de virada, por 2 a 1, para a Macedônia. A equipe equatoriana, que classificou na terceira posição nas elmininatórias da América do Sul, abriu o placar com o atacante Carlos Tenorio, aos 25 minutos do primeiro tempo, mas sofreu o empate dois minutos depois com um gol do também atacante Maznov. Já no segundo tempo a Macedônia virou, aos 28 minutos do segundo tempo, com um pênalti convertido pelo zagueiro Mitreski.

Agencia Estado,

28 Maio 2006 | 16h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.