Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Cruyff e toda diretoria do Ajax pedem demissão do clube

A grande crise política envolvendo o Ajax ganhou mais um capítulo nesta quinta-feira. Todos os membros da diretoria de futebol do clube, entre eles Johan Cruyff, maior jogador da história da Holanda, fizeram um pedido de renúncia de suas funções em meio ao conturbado processo de controle e gestão que o time atravessa.

AE-AP, Agência Estado

09 de fevereiro de 2012 | 13h26

O pedido aconteceu apenas dois dias depois de um tribunal de apelações holandês anular a nomeação de Louis van Gaal para o cargo de diretor executivo do Ajax, o que foi uma vitória de Cruyff na sua luta contra a presença do seu compatriota no clube. O fato foi uma reviravolta da última batalha entre o ex-atleta e outros quatro membros do conselho de administração do time.

O ex-jogador Edgar Davids, aliado de Cruyff, é um dos membros da diretoria de futebol do clube que pediram demissão de suas funções nesta quinta-feira. Apesar da vitória política da última terça-feira, o ex-jogador e seus pares resolveram pedir demissão, fato que foi oficializado pelo Ajax em seu site oficial.

O Ajax informou nesta quinta que todos estes membros da diretoria irão deixar o clube "no prazo mais curto possível" e serão posteriormente substituídos. Porém, ainda não está claro quando isso realmente irá acontecer, uma vez que o clube cancelou uma reunião extraordinária de acionistas que estava prevista para esta sexta-feira e ainda não tem uma nova data para ocorrer.

Na última terça, o Tribunal de Apelações de Amsterdã informou que barrou a nomeação de Van Gaal para o cargo de diretor executivo porque quatro membros do conselho de administração do clube "deliberadamente afastaram Cruyff", nomeando Van Gaal e outro diretor, Martin Sturkenboom, em novembro, sem consultar o ex-jogador. O tribunal considerou que estas nomeações não foram feitas de acordo com as regras do Ajax.

Principais protagonistas deste conflito interno do Ajax, Cruyff e Van Gaal tiveram trajetórias vitoriosas no clube enquanto não trabalhavam como dirigentes. O ex-jogador começou sua carreira na equipe, pela qual fez história como grande craque holandês na década de 70. Já o seu compatriota comandou como técnico a campanha do jovem time do Ajax que conquistou a Liga dos Campeões de 1995 e depois foi campeão mundial de clubes no mesmo ano.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolAjaxCruyff

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.