Cruzeiro acerta contratação de volante uruguaio Federico Gino

O Cruzeiro resolveu mesmo apostar na contratação de jogadores estrangeiros para brigar por títulos em 2016. Nesta sexta-feira, o clube mineiro anunciou a chegada do volante Federico Gino, que nasceu no Brasil, em Uruguaiana (RS), mas que jogou pelo Uruguai o Mundial Sub-20 de 2013. Ele estava no Carpi, da Itália.

Estadão Conteúdo

29 de janeiro de 2016 | 17h49

De acordo com o Cruzeiro, o jogador, de 22 anos, assinou contrato de 18 meses (um ano e meio), com a opção de renovação por mais três anos. Federico surgiu no Defensor, do Uruguai, em 2013, jogando duas temporadas pelo clube. Emprestado ao Carpi, estreante na primeira divisão do Italiano, atuou uma única vez na temporada, pela Copa da Itália.

Antes de Federico, o Cruzeiro já havia contratado outros dois estrangeiros: os meias Matias Pisano e Juan Sánchez Miño, ambos argentinos. O elenco também conta com outros dois atletas de países vizinhos: o volante argentino Ariel Cabral e o meia uruguaio De Arrascaeta.

Como nasceu no Brasil, o novo reforço não conta como estrangeiro. No futebol brasileiro, apenas cinco 'gringos' podem ser relacionados por um clube para uma partida, e o Cruzeiro ainda tem uma cota para preencher. O clube quer utilizá-la com o também volante Lucas Romero, argentino, do Vélez Sarsfield.

No início da temporada passada, o Cruzeiro também abusou da contratação de estrangeiros. Chegaram Arrascaeta, o colombiano Riascos, os chilenos Mena e Seymour e o colombiano Joel. Dos cinco, só o uruguaio permanece no clube. Os demais foram emprestados ou liberados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.