Yuri Edmundo
Yuri Edmundo

Cruzeiro adia punição e vai cumprir contra Ponte Preta

Time mineiro foi condenado pelo STJD por causa da briga de seus torcedores durante clássico

AE, Agência Estado

31 de outubro de 2013 | 18h09

BELO HORIZONTE - Sem ter conseguido o efeito suspensivo no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o Cruzeiro já se preparava para cumprir a punição da perda de um mando de campo diante do Grêmio, em jogo marcado para o dia 10 de novembro, pela 33ª rodada do Brasileirão. Mas a CBF adiou a pena do clube mineiro para uma semana depois, quando encara a Ponte Preta já pela 35ª rodada. Na semana passada, o Cruzeiro foi condenado pelo STJD por causa da briga de seus torcedores durante o clássico com o Atlético-MG, no dia 13 de outubro, no Independência. O julgamento em segunda instância será realizado na quinta-feira que vem, mas o clube não conseguiu o efeito suspensivo. Assim, deveria cumprir a pena no próximo jogo em casa, justamente contra o Grêmio.

Mas, como já vendeu mais de 33 mil ingressos antecipadamente para esse jogo contra o Grêmio, que pode, inclusive, lhe dar o título antecipado do Brasileirão, o Cruzeiro conseguiu que a CBF adiasse o cumprimento da punição. Assim, a partida contra o time gaúcho no dia 10 de novembro, pela 33ª rodada, será mesmo no Mineirão, em Belo Horizonte, conforme programado. Antes da decisão da CBF, a diretoria do Cruzeiro já tinha adiantado que iria ressarcir os torcedores que compraram o ingresso antecipadamente para o jogo do dia 10 no Mineirão e também procurava opções para jogar fora de Belo Horizonte, como manda a lei. Agora, porém, o que muda é o local do duelo com a Ponte Preta, em 17 de novembro, que será realizado em Varginha (MG).

Esse jogo contra o time gaúcho, válido pela 33ª rodada, pode ser decisivo para a conquista do título brasileiro. O Cruzeiro lidera o campeonato com 65 pontos, com 12 de vantagem sobre o terceiro colocado Grêmio - entre os dois está o Botafogo, também com 53 pontos. Por isso, a CBF também foi compreensiva ao aceitar que a punição ficasse para a partida contra a Ponte Preta.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCBFCruzeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.