Igor Sales/Cruzeiro
Igor Sales/Cruzeiro

Cruzeiro adota uso de máscaras e distanciamento para eleição no dia 21

Clube publicou um edital nesta quarta-feira para o pleito que vai escolher o novo presidente

Redação, O Estado de S.Paulo

06 de maio de 2020 | 19h27

As eleições presidenciais do Cruzeiro estão confirmadas para 21 de maio, mas vão ocorrer sob uma série de regras para evitar a propagação do coronavírus. Nesta quarta-feira, o clube publicou um edital que inclui medidas como a obrigação do uso de máscaras aos que comparecerem à votação na sua sede no bairro Barro Preto. 

Além de eleger um novo presidente e seu vice, a votação também terá a disputa para o comando do Conselho Deliberativo, incluindo a escolha dos membros da sua mesa diretora. E, de acordo com o clube, as novas normas foram adotadas em consonância com as orientações da Secretaria Municipal de Saúde.

Haverá uma escala de horários para os conselheiros votarem, entre 9h e 16h. Os participantes precisarão manter um distanciamento. Além disso, cada chapa só poderá ter três fiscais acompanhando a eleição. 

"Os conselheiros realizarão o seu voto entre 9h e 16h, no Clube Cruzeiro Barro Preto, conforme escala individual a ser estabelecida. Todos deverão estar utilizando máscara de proteção e manter o distanciamento mínimo entre as pessoas, que serão orientadas a entrar, realizar o seu voto e imediatamente deixar o local. Serão disponibilizadas canetas individuais e também haverá álcool em gel à disposição de todos. O acesso ao local de votação será controlado, sendo exclusivo aos conselheiros votantes. E somente serão permitidos no local três fiscais de cada chapa para acompanhar as votações, que ocorrerão por cédula de papel", comunicou o clube. 

A eleição de 21 de maio é "tampão", com mandato de junho até o término do ano. No fim de 2019, após o rebaixamento do Cruzeiro à Série B do Campeonato Brasileiro, Wagner Pires de Sá renunciou à presidência, assim como seus vices. Desde então, o clube vem sendo comandando pelo Núcleo Dirigente Transitório, um grupo de empresários. Até agora, Sérgio Santos Rodrigues e Ronaldo Granata anunciaram suas candidaturas ao comando da equipe.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.