Cruzeiro anuncia acordo de parceria com o Democrata

O Cruzeiro anunciou nesta quinta-feira que firmará uma parceria com o Democrata de Governador Valadares. O acordo prevê que a equipe de Belo Horizonte empreste jogadores ao clube do interior para a disputa do Campeonato Mineiro de 2010. Assim, o Cruzeiro arcará com os salários, enquanto o Democrata tem a obrigação de garantir moradia e condições de trabalho ideais.

AE, Agencia Estado

15 de outubro de 2009 | 17h14

No anúncio do acordo, o presidente Zezé Perrella fez questão de ressaltar que o time não influenciará na administração do parceiro. "O Democrata está muito bem administrado. Fazer futebol não é fácil, e no interior a dificuldade é ainda maior", disse o dirigente cruzeirense. "Podemos dar algumas dicas, devido à nossa experiência no futebol, mas apenas quando formos solicitados."

Para o Cruzeiro, o benefício da parceria se dá no aproveitamento de jogadores que estão sendo pouco utilizados no elenco. Além disso, caso algum atleta se destaque no Democrata, o time cruzeirense pode lucrar com uma possível negociação. Já a equipe do interior, que avançou até as quartas de final do Estadual em 2009, terá direito a 20% do valor na transferência.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCruzeiroDemocrataparceria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.