Cruzeiro anuncia saídas de Ceará, Charles, Júlio Baptista e Damião

Um dos melhores times desta reta final do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro tardou a acordar na competição e, por isso, chega à última rodada sem nenhuma ambição. O momento é de pensar já em 2016, e foi em nome deste planejamento que uma reforça foi iniciada no elenco celeste. As primeiras baixas foram confirmadas nesta terça-feira: o lateral-direito Ceará, o volante Charles, o meia Júlio Baptista e o atacante Leandro Damião.

Estadão Conteúdo

01 de dezembro de 2015 | 16h29

Por mais que outros nomes desta lista fossem bem mais badalados, a saída que mais surpreende é a de Ceará. O lateral foi titular durante praticamente toda a temporada, deixou para trás a concorrência de Mayke, destaque do bicampeonato brasileiro, mas talvez tenha sido atrapalhado por algumas lesões musculares e pela idade avançada - 35 anos - quando a diretoria celeste tomou a decisão.

Mas os nomes de mais peso neste quarteto sem dúvida são os de Júlio Baptista e Leandro Damião. O meia chegou ao clube em 2013, foi apresentado como grande estrela antes de um clássico com o Atlético-MG, mas nunca se firmou. Diversas lesões e o baixo rendimento técnico surpreenderam a comissão técnica celeste, que viu a aposta ir por água abaixo e pouco influenciar na conquista do bi do Brasileirão.

O que também atrapalhou a renovação de Júlio Baptista foi o alto salário, mesmo fator que se tornou empecilho para a continuidade de Leandro Damião. O atacante chegou ao Cruzeiro no início do ano, em baixa após passagem ruim pelo Santos. Até teve bons momentos no começo da temporada, mas caiu de rendimento e ficou no banco durante quase todo o Brasileirão. O desempenho não foi suficiente para que a diretoria tentasse renovar seu contrato de empréstimo.

De todos os jogadores dispensados, nenhum tem história no Cruzeiro como Charles. Revelado pelas categorias de base do clube em 2005, acumulou 141 partidas com a camisa celeste entre todas as passagens, mas também vinha ficando apenas como opção entre os reservas. No último domingo, mostrou muita emoção ao marcar um belo gol no triunfo sobre o Joinville, que marcou o fim de sua trajetória no time mineiro.

Tanto Ceará quanto Charles, Júlio Baptista e Leandro Damião tinham contratos que se encerravam neste fim de ano, e a diretoria cruzeirense preferiu não renová-los. Eles já foram liberados e sequer serão relacionados para o duelo diante do Internacional, no domingo, pela última rodada do Brasileirão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.