Cruzeiro aposta em formação ofensiva para bater Santos

O técnico do Cruzeiro, Marcelo Oliveira, aposta em uma formação ofensiva para receber o Santos neste domingo, às 16 horas, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, pela 15.ª rodada do Campeonato Brasileiro. A equipe precisa dos três pontos para garantir a sua permanência na liderança, pois, com empates nas duas últimas rodadas, ficou com 30 pontos, permitindo as aproximações de Internacional, Corinthians e Fluminense.

MARCELO PORTELA, Estadão Conteúdo

17 de agosto de 2014 | 07h05

Marcelo Oliveira optou por escalar William no ataque celeste contando com o adversário fechado na defesa no início do confronto e com a "boa mobilidade" do atacante, além da possibilidade de "rodar um ou outro jogador" para evitar desgaste. O treinador ainda terá Henrique, que considera "fundamental no esquema celeste", de volta ao time após cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo diante do Criciúma.

O treinador revelou também que pretende manter Mayke entre os titulares para poder avaliar o lateral-direito. "Estou dando uma sequência para observá-lo bem, sabendo que temos um jogador no banco extraordinário e eficiente, que é o Ceará. Estamos tranquilos com as escolhas", afirmou. E admitiu que fez treino específico com a defesa celeste "em relação aos três atacantes que o Santos usa muito bem".

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoCruzeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.