Cruzeiro apresenta Pedro Ken e Anderson Lessa

O Cruzeiro apresentou oficialmente nesta quarta-feira seus primeiros dois reforços para a temporada 2010. Os jovens Pedro Ken, ex-Coritiba, e Anderson Lessa, que defendia o Náutico, mostraram grande expectativa na chegada ao clube mineiro.

AE, Agencia Estado

06 de janeiro de 2010 | 19h27

"A expectativa é muito grande. O Cruzeiro é um clube que briga lá em cima, sempre disputando títulos e tem uma estrutura enorme, torcida muito grande, o ambiente de trabalho é bom. Gera uma expectativa boa", avaliou o meia Pedro Ken, de 22 anos.

O ex-atleta do Coritiba, rebaixado para a Série B, disse que apostará na versatilidade para conquistar uma vaga no time titular. "Eu joguei mais como terceiro homem de meio-campo, até segundo volante. É onde me sinto melhor, joguei praticamente minha carreira toda. Mas, se precisar, eu jogo na meia também, onde me colocar vou dar o máximo", observou.

Já o atacante Anderson Lessa espera maior dificuldade para chegar à equipe principal do Cruzeiro. "Sei que no ataque temos grandes jogadores, experientes, que foram ídolos por onde passaram. Sei que a dificuldade vai ser muito grande, mas só que eu vim para ajudar a equipe. Espero conquistar meu espaço naturalmente", afirmou.

Apesar de medir apenas 1,71m de altura, Lessa contou que gosta de jogar dentro da área, como segundo atacante. "Não tenho uma estatura tão grande como um jogador de referência, mas gosto de estar dentro da área. No Náutico eu estava jogando mais como segundo atacante, vindo pela lateral com a bola dominada, para cima dos zagueiros", definiu.

NEGOCIAÇÕES - Na apresentação dos atletas, a diretoria explicou que adquiriu 80% dos direitos econômicos de Pedro Ken junto com mais dois investidores, pelo valor de R$ 3,75 milhões. Cada parte ficará com 26,6% de uma futura venda. Os 20% restantes seguem com o Coritiba e o próprio atleta, que fechou contrato por cinco anos.

No caso de Anderson Lessa, o Cruzeiro fechou o acerto ainda em 2008, quando ficou com 30% dos direitos econômicos do atleta ao liberar o atacante Carlinhos Bala para o Náutico. Lessa assinou contrato de três anos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.