Sylvio Coutinho/Divulgação
Sylvio Coutinho/Divulgação

Cruzeiro assina contrato para utilizar o novo Mineirão por 25 anos

Estádio mineiro está sendo reformado para receber os jogos da Copa do Mundo de 2014

AE, Agência Estado

14 de novembro de 2012 | 16h13

BELO HORIZONTE - O Cruzeiro assinou nesta quarta-feira o contrato para poder mandar seus jogos no novo Mineirão, estádio que está finalizando uma grande reforma para receber a Copa do Mundo de 2014. O acordo tem validade de 25 anos e prevê que o clube utilize sempre o local quando for mandante.

Num acordo intermediado pelo governo mineiro, o contrato foi assinado entre o Cruzeiro e a Minas Arena, empresa responsável pelas obras e posterior administração do estádio. Com isso, o clube terá até uma loja no Mineirão, além de faturar com bares e estacionamento.

"Estamos contentes por fechar essa parceria com o Mineirão. Estamos voltando para nossa casa", disse o presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares. "Estamos muito satisfeitos em ter um grande clube da capital conosco", afirmou o diretor-presidente da Minas Arena, Ricardo Barra.

Outro grande clube mineiro, o Atlético-MG negocia com a Minas Arena para mandar alguns de seus jogos no Mineirão, mas terá um contrato diferente do que foi assinado pelo Cruzeiro. Mesmo porque, a prioridade atleticana é usar o Estádio Independência, também em Belo Horizonte.

Reformado ao custo de R$ 695 milhões, o Mineirão terá capacidade de 64 mil lugares e tem inauguração prevista para o dia 21 de dezembro. O estádio em Belo Horizonte será palco de três jogos na Copa das Confederações, em junho do ano que vem, e de seis partidas no Mundial de 2014.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolMineirãoCruzeiroCopa 2014

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.