Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Cruzeiro: ausência de Oséas e Bosco

Os dirigentes do Cruzeiro não têm idéia do paradeiro do atacante Oséas e do goleiro Bosco, dois dos jogadores que podem ser negociados na próxima temporada. Eles deveriam ter se apresentado do início da semana até esta quarta-feira, na Toca da Raposa, para realizar, junto com o resto do grupo, uma série de exames físicos e laboratoriais que servirão de base para o trabalho do técnico Marco Aurélio a partir de janeiro. Segundo a assessoria do clube mineiro, os dois simplesmente não apareceram. Como o elenco entrou oficialmente em férias, nesta quarta-feira - e só se reapresenta no dia 3 de janeiro, para início da pré-temporada visando à estréia na Copa Sul-Minas -, é pouco provável que o façam ainda este ano. A diretoria tentou localizá-los em Salvador, onde moram familiares de Oséas, e em Recife, terra de Bosco, mas não teve sucesso. No caso de Oséas, a informação de parentes é de que estaria no exterior, mas ninguém soube precisar em que País. Os cruzeirenses estudam agora uma punição para ambos, embora a expectativa seja de conseguir colocá-los como moeda de troca em transações com outros clubes ou de vender seus passes, para ajudar a trazer reforços para 2002.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.