Cruzeiro bate Atlético e fica em vantagem

Aproveitando a tarde inspirada do ataque, o Cruzeiro venceu o Atlético-MG por 3 a 1, de virada, neste domingo, no Mineirão, pelo primeiro confronto da final do Campeonato Mineiro. Jussiê, destaque da partida com dois gols, e Alex marcaram para a Raposa. Alex Mineiro descontou para o Galo. Com o resultado, o time celeste reverteu a vantagem que era do rival e pode perder a próxima partida, marcada para o dia 18, por uma diferença de até um gol, que mesmo assim leva o título do Estadual.Apesar das campanhas idênticas até esta altura da temporada, a expectativa era de que Atlético e Cruzeiro fizessem um clássico com muitos gols. E os jogadores corresponderam. Logo aos 7 minutos, Carlinhos desceu pela direita e cruzou para a entrada da área. Alex Mineiro apareceu como surpresa e cabeceou, encobrindo o goleiro Gomes que estava adiantado.O Cruzeiro, que começou bem a partida, não se abateu e partiu para o ataque. Dois minutos depois, Alex cobrou falta da entrada da área. A bola passou entre a barreira e morreu no canto esquerdo de Eduardo. O jogo continuou em alta velocidade. E a virada cruzeirense não demorou muito. Aos 12 minutos, depois da falha do lateral Carlinhos, Sandro arrancou pelo meio-campo e rolou para Jussiê. O atacante avançou, não sofreu marcação do adversário e chutou no canto direito de Eduardo.Atordoado depois da virada, dando muito espaço no meio-campo, o Atlético não conseguia segurar os contra-ataques do Cruzeiro. E aos 26 minutos, Jussiê tabelou com Alex e recebeu na área. O atacante novamente entrou na área e com tranqüilidade chutou no canto direito de Eduardo para dar a vitória parcial no primeiro tempo ao Cruzeiro por 3 a 1.No segundo tempo, o Atlético se acertou no meio-campo e tentou partir para o ataque tentando diminuir a diferença. Porém, não conseguia concluir as poucas jogadas ofensivas que criou. Bem postado em campo, saindo somente nos contra-ataques, o Cruzeiro tocou a bola e esperou o tempo correr para levar a vantagem para o próximo confronto. No final da partida, Maldonado e Zé Luís, que trocaram agressões, foram expulsos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.