Cruzeiro bate Corinthians e segue na cola dos líderes

O Corinthians não foi bem em seu primeiro desafio contra os candidatos ao título do Campeonato Brasileiro deste ano. O Cruzeiro, que não toma gols a quatro jogos, venceu a equipe paulista por 1 a 0 neste domingo, no Estádio do Pacaembu, pela 32.ª rodada, e deu um importante passo para entrar de vez na briga pela taça.

TERCIO DAVID, Agencia Estado

25 de outubro de 2009 | 20h56

Com o resultado, o Corinthians - que venceu apenas um de seus últimos oito jogos - segue com 42 pontos, já na metade de baixo da tabela, mas ainda longe da zona de rebaixamento, no 11.º lugar. Já o Cruzeiro, com os três pontos, chegou a 48 e agora está apenas seis atrás do líder Palmeiras e quatro do quarto colocado São Paulo, ocupando a sexta posição.

UMA NOTA SÓ - No primeiro tempo, o Corinthians pecou muito no ataque, centralizando demais as jogadas em cima de Ronaldo, que esteve sempre vigiado de perto por Gil, e mais de longe por Caçapa. Elias também não estava em uma boa tarde, lento na armação das jogadas.

Já o Cruzeiro, que veio nitidamente com a intenção primordial de não perder, tratou de marcar o Corinthians já no meio-campo e acabou premiado com um gol na primeira etapa, numa das poucas chances que criou com qualidade.

Marquinhos Paraná fez excelente passe para Fabrício na esquerda. O volante cruzou na medida para Gilberto, em posição de impedimento, desviar sozinho para o gol de Felipe, no final da primeira etapa.

Bem marcado, Ronaldo apareceu apenas duas vezes no jogo. Logo no começo, deu dois belos dribles na entrada da área e um chute fraco para o gol, que Fábio pegou. No segundo, após passe de Dentinho, o centroavante ajeitou de cabeça para Jorge Henrique desviar também de cabeça, na pequena área, e o goleiro cruzeirense fazer uma boa defesa.

Se o jogo foi morno na primeira etapa, na segunda foi diferente. Os ânimos se exaltaram após uma disputa de bola entre Elias e Fernandinho. O cruzeirense acabou expulso, com dois cartões amarelos, e o Corinthians jogou os 15 minutos finais com um a mais.

O que poderia se tornar pressão, se transformou em pressa, e o Corinthians não conseguiu fazer valer a superioridade numérica nos minutos finais, sem acertar as jogadas de ataque para vazar uma defesa que já não toma gols a quatro jogos.

CALENDÁRIO - Na próxima rodada, o Corinthians, na sequência de jogos decisivos para o campeonato, encara o clássico contra o Palmeiras, no Estádio Eduardo José Farah, em Presidente Prudente, no domingo, às 16 horas (de Brasília). No mesmo dia, mas às 18h30, o Cruzeiro recebe o Fluminense no Mineirão.

Ficha Técnica:

Corinthians 0 x 1 Cruzeiro

Corinthians - Felipe; Alessandro, William, Chicão e Marcelo Oliveira; Jucilei (Edno), Edu (Boquita) e Elias; Jorge Henrique, Ronaldo e Dentinho (Defederico). Técnico: Mano Menezes.

Cruzeiro - Fábio; Jonathan, Cláudio Caçapa, Gil e Diego Renan (Elicarlos); Fabrício, Henrique, Marquinhos Paraná e Gilberto (Leandro Lima); Thiago Ribeiro e Guerrón (Fernandinho). Técnico: Adilson Batista.

Gol - Gilberto, aos 40 minutos do primeiro tempo.

Cartões amarelos - Edu, Felipe e Elias (Corinthians); Gil e Fabrício (Cruzeiro).

Cartão vermelho - Fernandinho (Cruzeiro).

Árbitro - Péricles Bassols Cortez (RJ).

Renda - R$ 705.591,50.

Público - 21.738 pagantes (23.672 no total).

Local - Estádio do Pacaembu, São Paulo (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.