Edu Andrade/Fatopress
Edu Andrade/Fatopress

Cruzeiro bate Internacional de virada e é líder isolado do Brasileirão

Equipe mineira se recupera rapidamente de gol colorado e chega aos 16 pontos, na ponta da tabela

Lucas Azevedo, Agência Estado

25 de maio de 2014 | 21h01

CAXIAS DO SUL - O Cruzeiro é o novo líder isolado do Campeonato Brasileiro. Um dia depois de o Grêmio perder no Morumbi, o time mineiro entrou neste domingo no Estádio Centenário, em Caxias do Sul, e venceu o Internacional de virada, por 3 a 1, chegando a 16 pontos ao fim da sétima rodada do Brasileirão. O Inter é o oitavo, com 12.

O Inter começou melhor a partida e abriu o placar aos 37 minutos. Depois de uma bela troca de passes no meio da zaga mineira, Otávio lançou Diogo, que jogou para a pequena área e Wellington completou de carrinho. O Cruzeiro respondeu aos 42. Dagoberto cobrou escanteio, Dida saiu mal, Valdívia afastou errado e Ricardo Goulart cabeceou para dentro quase sem ângulo.

A equipe mineira voltou do intervalo revigorado e disposto a mostrar por que é líder na tabela. Aos 24 do segundo tempo, o Cruzeiro virou. Willian recebeu a bola lançada, passou pela defesa colorada e chutou no canto de Dida.

Os mineiros ampliaram aos 42. Marcelo Moreno recebeu pela esquerda, bateu rasteiro e Dida defendeu. O atacante ex-Grêmio aproveitou o rebote e marcou o dele.

"Não sei se merecíamos perder. O jogo foi muito igualado. Depois do segundo gol, buscamos o resultado, mas no contra-ataque tomamos o terceiro", lamentou o capitão colorado D''Alessandro, ao fim da partida.

O Inter entra em campo novamente na quarta-feira, dia 28, às 21h, contra o Chapecoense, no Centenário. Já o Cruzeiro volta a jogar no mesmo dia, às 22h, no Canindé, contra o Corinthians.

FICHA TÉCNICA:

INTER 1 X 3 CRUZEIRO:

INTER - Dida; Diogo, Ernando, Juan e Fabrício; Willians, Wellington, Valdívia (Aylon), D''Alessandro e Otávio (Eduardo Sasha); Wellington (Jorge Henrique). Técnico: Abel Braga.

CRUZEIRO - Fábio; Ceará, Léo, Bruno Rodrigo e Egídio; Henrique, Willian Farias, Éverton Ribeiro (Everton Ribeiro) e Ricardo Goulart; Dagoberto (William) e Marcelo Moreno. Técnico: Marcelo Oliveira.

GOLS - Wellington, aos 37, e Ricardo Goulart, aos 42 minutos do primeiro tempo, Willian, aos 24, e Marcelo Moreno, aos 42 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Paulo Henrique Godoy Bezerra (SC).

CARTÕES AMARELOS - Wellington (Inter); Dagoberto e Ricardo Goulart (Cruzeiro).

RENDA - R$ 213.860,00.

PÚBLICO - 8.590 pessoas.

LOCAL - Estádio Centenário, em Caxias do Sul (RS).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCruzeiroInterBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.