Vinnicius Silva/Cruzeiro
Vinnicius Silva/Cruzeiro

Cruzeiro busca vitória sobre Ceará para encostar nos líderes do Brasileirão

Planejamento da equipe do técnico Mano Menezes é terminar o primeiro semestre na linha de frente da competição

Estadão Conteúdo

02 Junho 2018 | 14h50

O Cruzeiro encara o Ceará, no Castelão, em Fortaleza, neste domingo, às 19h, com o objetivo de conquistar a quinta vitória no Brasileirão e encostar nos líderes. O planejamento da equipe do técnico Mano Menezes é terminar o primeiro semestre na linha de frente da competição. Atualmente, ocupa a sétima posição, com 13 pontos, quatro a menos do que o líder Flamengo.

Clubes aproveitam folga da Copa para fazer 'pré-temporada'

"Foi mais ou menos o que a gente planejou. Tínhamos algumas metas, como ser campeão mineiro, classificar na Libertadores, fazer um bom jogo na Copa do Brasil e começar bem no Brasileiro. Acho que conseguimos bater algumas delas. Agora, tem essa reta final do Brasileirão até a parada para a Copa", destacou o atacante Sassá, em entrevista coletiva neste sábado, na Toca da Raposa II, após o último treinamento antes do duelo contra os cearenses, válido pela nona rodada com campeonato.

O zagueiro Léo endossou. "Sabemos que tem algumas rodadas ainda, mas nosso foco é brigar pelo topo da tabela." O jogador falou também sobre a boa fase do sistema defensivo. Em 31 jogos no ano, sofreu apenas 15 gols. Segundo Léo, o desempenho se deve à colaboração de toda a equipe.

"É um processo que a gente vai evoluindo cada vez mais. Sabemos que a questão defensiva não se resume somente aos zagueiros, mas sim ao equilíbrio de uma equipe toda. A marcação começa no ataque e nossos atacantes têm pressionado os adversários, marcando em cima. O meio tem preenchido e ocupado bem os espaços, facilitando um pouco mais esse processo. Os laterais também ajudam na recomposição. É um contexto todo. É um equilíbrio da equipe que buscamos cada vez mais evoluir", analisou.

Para o confronto diante do Ceará, o comandante Mano Menezes tem dúvidas para a formação da equipe titular, pois não terá os meias Robinho, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, e Arrascaeta, com a seleção uruguaia para a disputa da Copa do Mundo, além do volante Henrique, poupado.

Além subir na classificação, o Cruzeiro quer manter o bom retrospecto contra o time nordestino. Será o 12º jogo entre as equipes na história. Os mineiros têm cinco vitórias, quatro empates e apenas duas derrotas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.