Vinnicius Silva / Cruzeiro
Vinnicius Silva / Cruzeiro

Cruzeiro busca vitória sobre o Huracán para avançar na Libertadores

Time de Mano Menezes é o único que ainda está 100% dentre os times brasileiros no torneio

Redação, Estadão Conteúdo

10 de abril de 2019 | 10h00

Com 100% de aproveitamento na Copa Libertadores, o Cruzeiro chega à quarta rodada da fase de grupos em busca de uma vitória para garantir a classificação às oitavas de final. O duelo que pode confirmar a vaga será contra o Huracán, às 19h15 desta quarta-feira, no Mineirão. Os dois se enfrentaram na estreia e a equipe mineira levou a melhor com o triunfo por 1 a 0, em Buenos Aires, na Argentina.

Em grande fase, o time do técnico Mano Menezes é o líder do Grupo B, com nove pontos somados, cinco a mais do que o segundo colocado, o Deportivo Lara, da Venezuela. O Emelec, do Equador, aparece em terceiro, com dois, e o Huracán em quarto, com apenas um.

Diante deste cenário, existe a possibilidade de que os cruzeirenses assegurem também a liderança da chave já nesta rodada. Isso acontecerá caso o Emelec vença ou ao menos empate com o Deportivo Lara na quinta-feira, quando os dois se enfrentam no Equador.

O último treino do Cruzeiro antes do compromisso foi envolto em mistério, uma vez que Mano Menezes não permitiu a entrada da imprensa nem durante o aquecimento dos atletas. O certo é que a decisão dele para definir a escalação passará pelo condicionamento físico dos jogadores, com boa chance de alguns serem poupados. Isso porque no domingo o time começa a decidir o título mineiro contra o Atlético, no Mineirão.

Entre os nomes cotados para serem preservados pelo treinador estão os zagueiros Dedé e Léo, o meio-campista Robinho e o atacante Fred. Sem lesões ou suspensões, Mano só não pode utilizar o recém-contratado Pedro Rocha, que terá condições de ser inscrito apenas nas oitavas de final da Libertadores.

Já o Huracán está em crise. Além de ter somado apenas um ponto na Libertadores, o time perdeu oito das 14 últimas partidas que disputou. Isso em meio a um ambiente tumultuado nos bastidores, com a decisão do Comitê de Disciplina do Campeonato Argentino de punir o clube em razão de pagamento dos salários ao elenco. O clube recorreu, mas pode perder seis pontos na competição nacional, além de ser proibido de contratar novos jogadores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.