Washington Alves/Vipcomm
Washington Alves/Vipcomm

Cruzeiro chama garoto da base para suprir falta de zagueiros

Com Dedé e Manoel lesionados, Léo e Bruno Rodrigo devem formar a zaga titular contra o Democrata na estreia do Campeonato Mineiro

Estadão Conteúdo

27 de janeiro de 2015 | 20h17

Ao mesmo tempo em que vê uma debandada de jogadores do meio-campo para frente, o Cruzeiro passa por problemas na defesa. Dos cinco zagueiros do elenco, três estão no departamento médico, restando apenas Léo e Bruno Rodrigo para serem escalados pelo técnico Marcelo Oliveira na estreia do Campeonato Mineiro, domingo, contra o Democrata de Governador Valadares.

Dedé teve sofreu lesão no joelho, vai ter que operar e não volta antes do fim da Libertadores, devendo ficar à disposição apenas para o segundo turno do Brasileirão. O garoto Alex torceu o tornozelo, está no departamento médico e pode também ser operado. O novo desfalque é Manoel, que ficou no departamento médico nesta terça-feira, com lesão muscular na coxa esquerda.

Desta forma, a comissão técnica chamou o garoto Fabrício, das categorias de base, para treinar com o elenco profissional, ao menos momentaneamente. O lateral-direito Fabiano, contratado junto à Chapecoense, também vem sendo adaptado nos treinamentos.

"Qualquer que seja a posição, não vou sentir dificuldade. Tenho que estar preparado para que, quando a oportunidade aparecer, seja para atuar na zaga ou na lateral, eu esteja pronto tecnicamente e fisicamente para buscar fazer o melhor dentro da equipe. Estou aqui para ajudar o time a fazer mais uma boa temporada", disse Fabiano, nesta terça.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCruzeiroCampeonato Mineiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.