Cruzeiro confia que poderá ter reforços estrangeiros na estreia do Mineiro

O Cruzeiro chegou a comunicar que não poderia contar com os três reforços que contratou de clubes estrangeiros nem na estreia da Copa Sul-Minas-Rio (quarta-feira que vem, contra o Criciúma) nem do Campeonato Mineiro (domingo, dia 31, contra a URT). Nesta sexta-feira, entretanto, a diretoria deu outra versão sobre o Estadual.

Estadão Conteúdo

22 de janeiro de 2016 | 20h21

De acordo com o diretor de futebol Thiago Scuro, em reunião com a Federação Mineira (FMF) nesta sexta-feira, foi esclarecido que a entidade pede a documentação dos jogadores até segunda-feira para evitar o acúmulo de trabalho na última semana de inscrições. Mas que os documentos que chegarem depois disso também poderão ser analisados.

Para que Sánchez Miño e Matías Pisano possam atuar diante da URT, eles precisam ser regularizados entre quinta (quando abre a janela de transferências) e sexta-feira (prazo para o atleta poder atuar no domingo).

"Para a primeira rodada, o nome do atleta tem de estar inscrito e publicado no BID (Boletim Informativo Diário) até o dia 29 (sexta). Vamos trabalhar para que os atletas estejam à disposição do Deivid para a estreia", garantiu Scuro.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCruzeiroCampeonato Mineiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.