Gualter Naves/Light Press
Gualter Naves/Light Press

Cruzeiro consegue efeito suspensivo para jogar em casa

Equipe mineira havia sido punida com um jogo de suspensão e multa de R$ 50 mil por briga entre a Pavilhão Independente e Galoucura

Estadão Conteúdo

09 de outubro de 2014 | 20h53

O Cruzeiro conseguiu, nesta quinta-feira, um efeito suspensivo para a perda de um mando de campo, imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Assim, o clube mineiro não precisa cumprir a pena até que o caso seja julgado pelo Pleno do tribunal, o que não tem data para acontecer.

Desta forma, o Cruzeiro vai poder enfrentar o Palmeiras no Mineirão, dia 22 de outubro, pela 30.ª rodada do Brasileirão. Afinal, não havia tempo hábil para que a punição fosse aplicada contra o Corinthians (última quarta) e os próximos compromissos da equipe são fora de casa: Flamengo e Vitória, além do ABC, pela Copa do Brasil.

O Cruzeiro havia sido punido com um jogo de suspensão e multa de R$ 50 mil pela briga entre a Pavilhão Independente, uma de suas torcidas organizadas, e a Galoucura, do Atlético-MG, no clássico entre os dois clube no Mineirão. O efeito suspensivo também vale para a multa.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCruzeiroBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.