Washington Alves|Divulgação
Washington Alves|Divulgação

Paulo Bento estreia e Cruzeiro quer surpreender o Figueirense

Técnico português é a esperança para resgatar os mineiros

Estadão Conteúdo

21 de maio de 2016 | 07h00

Depois de uma derrota na estreia do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro buscará neste sábado, às 21 horas, a reação diante do Figueirense, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, em partida válida pela segunda rodada.

Para esquecer a fraca atuação no tropeço diante do Coritiba (1 a 0), a equipe mineira contará com a estreia do técnico português Paulo Bento, que foi anunciado antes do início da competição, mas iniciou os trabalhos apenas na última segunda-feira. No treino que antecedeu à partida deste sábado, o novo treinador não deu pistas sobre a escalação.

"Teremos uma ideia de como será a equipe que vai jogar momentos antes do jogo. Mas de qualquer maneira não temos tudo definido, temos algo para fazer em relação ao jogo que vamos disputar à noite. Uma semana é difícil, o campeonato está a correr quando chegamos. É algo diferente de outros países e temos de tentar nos adaptar. Esta semana, que era semana cheia, tentamos comunicar aos jogadores a nossa forma de jogar, de pensar", declarou o técnico.

A principal dúvida está nos substitutos de Lucas e Romero, que foram expulsos na estreia. Na lateral direita, o mais provável é que entre Federico Gino. No meio, Ariel Cabral e Bruno Ramires brigam pela posição. Paulo Bento só confirmou que relacionará o lateral-esquerdo Bryan, que foi regularizado na última semana.

Sobre o adversário, Paulo Bento destacou a forma agressiva de atuar do Figueirense, apesar do empate com a Ponte Preta em Santa Catarina. "Não sabemos se a estratégia de jogo será a mesma. Mas temos de preparar os jogadores para não sermos surpreendidos. Mas a nossa principal preocupação foi com aquilo que podemos fazer, mas com algumas nuances do adversário. Ganhar. Isso é perfeito", finalizou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.