Cruzeiro dá atenção ao toque de bola do Nacional

O Cruzeiro enfrenta o Nacional nesta quarta-feira, na decisão do título do Torneio de Verão de Montevidéu, e os jogadores prometem estar bastante atentos ao rápido toque de bola, apontado pelos jogadores como o ponto forte do adversário."Pelo que eu vi, o Nacional tentou sair tocando, cadenciando a bola. Já o Peñarol fazia a ligação direta da zaga para o ataque. Acho que na quarta-feira vamos ter um grande jogo, difícil, mas temos plenas condições de vencer", afirmou o volante Marquinhos Paraná. O Nacional venceu o Peñarol por 2 a 1, de virada, no sábado, enquanto o Cruzeiro bateu o Atlético Mineiro por 4 a 2.O atacante Wellington Paulista preferiu destacar o forte sistema defensivo do adversário, que conseguiu virar a partida mesmo atuando com um zagueiro a menos, expulso. "O Nacional é um time toca muito bem a bola e chega bastante na frente, além de ter uma marcação muito forte. Temos que tomar cuidado com esse ponto", disse.Outro fator complicador para o Cruzeiro é o entusiasmo da torcida. "O Nacional estará em casa, mas não podemos nos intimidar. O Cruzeiro é um grande clube, tanto dentro do Brasil como fora, e temos de impor nosso ritmo", pediu Marquinhos Paraná.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.