Divulgação/Vipcomm - 22/02/2010
Divulgação/Vipcomm - 22/02/2010

Cruzeiro decide no Chile seu futuro na Libertadores

Sem Kléber, equipe mineira encerra sua participação na fase inicial do torneio contra o Colo-Colo

Eduardo Kattah, Agência Estado

15 de abril de 2010 | 08h02

Apostando no desespero dos chilenos para conquistar um resultado positivo e encerrar sua participação nesta fase da Libertadores como líder do Grupo 7, o Cruzeiro enfrenta o Colo Colo nesta quinta-feira, às 21h50, em Santiago.

O time mineiro praticamente garante classificação com um empate diante do Colo Colo, mas se alcançar a vitória dificilmente deixará escapar o primeiro lugar do Grupo 7, por ter um saldo de gols superior ao do Vélez Sarsfield.

Cruzeiro e Vélez somam 10 pontos. Mas o time argentino, que recebe o já eliminado Deportivo Itália (Venezuela) também nesta quinta-feira, possui apenas um gol de saldo, contra seis dos brasileiros. Enquanto isso, o Colo Colo, com sete pontos, ainda tem chances de classificação para as oitavas de final.

O problema é que a delegação do Cruzeiro embarcou para o Chile com um importante desfalque. O atacante Kléber, que sofreu um estiramento muscular na coxa esquerda, foi vetado pelos médicos. Assim, Wellington Paulista deve jogar ao lado de Thiago Ribeiro no ataque.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa LibertadoresCruzeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.