Cruzeiro defende liderança no Sul

O Cruzeiro defende a liderança isolada da Copa Sul-Minas neste sábado à tarde contra o Internacional, em Porto Alegre, pela quinta rodada da competição. O time do técnico Marco Aurélio, que tem 12 pontos, também busca a oitava vitória da temporada, na qual apresenta rendimento de 100%. O treinador terá, contra o Inter, dois importantes reforços: o zagueiro Cris e o atacante Edílson, que não jogaram na vitória por 4 a 1 sobre o Bandeirante, pela Copa do Brasil, quarta-feira, porque estavam com a seleção brasileira em Riad, na Arábia Saudita. O lateral argentino Sorín, cuja transferência para a Lazio chegou a ser confirmada pelos dirigentes italianos, esta semana, mas foi negada pelos cruzeirenses, faz a 100ª partida com a camisa do clube mineiro. Sorín, cujo passe foi adquirido pelo Cruzeiro em 2000 por US$ 5,5 milhões do River Plate - e que poderia ser vendido à Lazio por US$ 10 milhões - garantiu que, no momento, não está preocupado com a negociação. "Não falo sobre o que não é oficial", disse. "Meu pensamento é só no Cruzeiro." Além de Sorín, Edílson e Cris, a equipe terá Jeferson, no gol, Luisão, na zaga, e Maicon, na lateral direita. Augusto Recife e Ricardinho serão os volantes e Vander completa a intermediária. Jussiê deve ser mantido na frente, ao lado de Fábio Júnior.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.