Cruzeiro derrota Caldense fora de casa pelo Mineiro

Num jogo sem muito brilho, o Cruzeiro derrotou neste sábado a Caldense por 2 a 0, pela quarta rodada do Campeonato Mineiro, no estádio Ronaldo Junqueira, em Poços de Caldas (MG). Assim, chegou aos nove pontos e se garantiu na segunda colocação. O líder da competição é o Democrata, que passou pelo América por 2 a 1.

IVANA MOREIRA, Agencia Estado

13 de fevereiro de 2010 | 19h06

Logo aos quatro minutos do primeiro tempo, o Cruzeiro abriu o placar com Wellington Paulista, que aproveitou de cabeça sobra de cobrança de escanteio. Pouco depois, o mesmo jogador foi expulso num lance gratuito, apenas com oito minutos. A partida, então, caiu de ritmo.

No segundo tempo, a história se repetiu: um gol e uma expulsão antes dos 10 minutos. Gilberto fez de pênalti depois que Carciano derrubou o meia Bernardo dentro da área, em lance que resultou na expulsão do jogador da Caldense.

E, novamente, foi só. A Caldense, mesmo apoiada por um grande número de torcedores do Atlético Mineiro presentes ao estádio, não teve forças para reagir. Desinteressado, o Cruzeiro apenas esperou o término do jogo.

O Cruzeiro, entretanto, deixou sua torcida preocupada com mais uma expulsão prematura e pelo número excessivo de cartões amarelos - 5 jogadores foram punidos, além da expulsão de Wellington Paulista.

O Cruzeiro volta a campo pelo Campeonato Mineiro no próximo dia 20, quando faz o primeiro clássico do ano contra o Atlético-MG.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato MineiroCruzeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.