Ed Ferreira/Estadão
Ed Ferreira/Estadão

Cruzeiro diz que aguarda aval ucraniano para ter Moreno

Campeão brasileiro já acertou com o Grêmio, dono de 70% dos direitos econômicos do centroavante

Agência Estado

06 de janeiro de 2014 | 20h56

BELO HORIZONTE - O diretor de futebol do Cruzeiro, Alexandre Mattos, afirmou nesta segunda-feira que o clube mineiro aguarda a liberação do Shakhtar Donetsk para ter Marcelo Moreno. O campeão brasileiro já acertou com o Grêmio, dono de 70% dos direitos econômicos do centroavante, mas a negociação depende de aval dos ucranianos, que detém os outros 30%.

"Existe a possibilidade, é uma situação que o Cruzeiro não tem como entrar. Temos que aguardar mais. Estamos com esperança de as coisas caminharem, até pela palavra do Grêmio", explicou Mattos, em entrevista coletiva após a reapresentação do elenco.

Até aqui, o Cruzeiro já contratou o zagueiro Vilson (ex-Palmeiras), o meia Marlone (ex-Vasco), o lateral-esquerdo Samudio (ex-Libertad) e o volante Rodrigo Souza (ex-Boa). Além disso, manteve toda a base do time campeão brasileiro.

De acordo com Mattos, Anselmo Ramón tem duas propostas, uma delas do Palmeiras, para onde deverá ir o zagueiro Victorino. As duas transferências seriam em pagamento à manutenção de Luan no elenco celeste.

Charles, que volta do Palestra Itália, não vai permanecer na Toca da Raposa, segundo Mattos. Dos jogadores que retornam de empréstimo, aliás, só o meia Pedro Ken e o lateral Diego Renan podem ser aproveitados. Gilson e Ananias devem ir para o América-MG e Rafael Donato e Uelliton serão emprestados. Com o argentino Farías, o Cruzeiro tenta negociar a rescisão contratual.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCruzeiroGrêmio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.