Washington Alves/Light Press/Cruzeiro
Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

Cruzeiro diz que pagará multa por Fred ao Atlético-MG em juízo

Time celeste justifica atitude por causa de ação judicial de uma terceira parte contra o rival

Estadão Conteúdo

30 Janeiro 2018 | 18h58

O imbróglio envolvendo o Atlético Mineiro, o Cruzeiro e Fred ganhou mais um capítulo nesta terça-feira. A diretoria do clube celeste divulgou nesta terça-feira um comunicado assegurando que pagará a multa de R$ 10 milhões estipulada em contrato entre o atacante e a equipe rival, mas destaca que o fará em juízo, por causa de ação judicial de uma terceira parte contra o Atlético-MG.

+ Confira o desempenho de Cruzeiro e Atlético no Campeonato Mineiro

"Nesta data, (o Cruzeiro) tomou ciência de decisão do e. Juiz de Direito da 24ª Vara Cível de Belo Horizonte, em desfavor do A. Mineiro, onde determina que qualquer valor referente ao pagamento da multa contratual do atleta Fred, seja depositada à disposição do Juízo no prazo de 72h, para fazer frente à enorme dívida do A. Mineiro existente naquele processo", afirma o Cruzeiro em um trecho da sua nota oficial, apontando que tem três dias para realizar o depósito do valor.

A ação a que o Cruzeiro se refere é da empresa WRV Empreendimentos e Participações, que em 2000 adquiriu parcelas dos direitos econômicos de dois jogadores do Atlético-MG, o zagueiro Cláudio Caçapa e o atacante Guilherme, e ainda fez um empréstimo para o clube. Com a correção monetária, a dívida atleticana já seria de mais de R$ 60 milhões. O valor a receber por Fred, então, determinou um juiz de Direito da 24ª Vara Cível de Belo Horizonte, seria revertido para o pagamento de parte dessa dívida, o que o Atlético deve tentar reverter.

No fim de 2017, com a intenção de cortar custos, a diretoria atleticana acertou a rescisão do vínculo com Fred. Porém, inseriu uma cláusula em que deveria receber R$ 10 milhões caso o atacante se transferisse para o Cruzeiro, o que acabou acontecendo. A direção do clube celeste, então, decidiu assumir a dívida do jogador e garante que vai quitá-la. "O Cruzeiro Esporte Clube informa que, caso devido, o pagamento da multa contratual será feito na forma da determinação judicial em comento", conclui, em sua nota oficial.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.