Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Cruzeiro e América-MG empatam no Mineirão

Cruzeiro e América-MG empataram em 2 a 2 hoje, no Mineirão, pelo Campeonato Mineiro. Com o resultado, o Coelho, que esteve duas vezes à frente no marcador, se manteve na liderança da competição, com 11 pontos ganhos em cinco partidas. Já o atual campeão brasileiro continua distante dos primeiros colocados e sem vencer no Estadual, jogando no Mineirão. Em quatro jogos, o Cruzeiro contabiliza uma vitória, um empate e duas derrotas, somando apenas quatro pontos. A partida foi marcada pelo excessivo número de cartões distribuídos pelo árbitro Alício Pena Júnior ? 15 ao todo, sendo cinco expulsões. No primeiro tempo, o ataque celeste encontrou muitas dificuldades para romper a forte marcação imposta pelo time de Carlos Alberto Silva, que fazia sua estréia no comando do América. Aos 15 minutos, num contra-ataque, o Coelho abriu o marcador, em lance polêmico. O atacante Reinaldo recebeu um lançamento do companheiro Fred, invadiu a área, e tocou no canto direito de Gomes, fazendo 1 a 0. Os cruzeirenses apontaram irregularidade no lance, afirmando que Reinaldo recebeu a bola em posição de impedimento. O atacante Guilherme foi para o vestiário revoltado com a atuação de Alício Pena Júnior, reclamando que havia sofrido pênalti, não marcado pelo árbitro. Na etapa final, Luxemburgo decidiu reforçar o poder ofensivo de sua equipe, sacando o meia Wendell para a entrada do atacante Lima. Logo aos três minutos, o zagueiro Edu Dracena foi derrubado dentro da área pelo goleiro Laílson. Além de assinalar a penalidade, o árbitro expulsou o goleiro americano. O meia Alex cobrou e empatou o jogo, aos seis minutos. Com um jogador a mais, o Cruzeiro foi em busca da vitória e Luxemburgo resolveu dar ainda mais munição ao ataque, trocando o volante Felipe Melo pelo atacante Jussiê. Porém, a expulsão de Edu Dracena, pouco depois, inibiu as pretensões do time estrelado e deixou o treinador bastante irritado. Aos 18 minutos, depois de uma bela jogada de Wagner, Fred desempatou novamente para o Coelho. O atacante, artilheiro isolado da competição, fez o seu quinto gol no campeonato. O Cruzeiro não desistiu e quando parte da torcida já demonstrava impaciência, vaiando quando Rivaldo pegava na bola, Alex cruzou para o zagueiro Cris, de cabeça, fazer 2 a 2, aos 37 minutos. Nos minutos finais, dois jogadores do América ? o volante Ricardo e o zagueiro Leandro ? foram expulsos e a equipe de Carlos Alberto Silva terminou a partida com apenas oito atletas em campo. O jogo continuou nervoso e, nos acréscimos do árbitro, Jussiê também recebeu o cartão vermelho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.