Pedro Souza/Atlético-MG
Pedro Souza/Atlético-MG

Cruzeiro e Atlético-MG obtêm recursos no STJD e punições são suspensas

Clubes se livram temporariamente de multas e perdas de mando por confusões ocorridas durante clássico

Redação, Estadão Conteúdo

27 de novembro de 2019 | 15h02

O Cruzeiro e o Atlético Mineiro obtiveram recursos junto ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) nesta quarta-feira e tiveram suspensas, provisoriamente, as punições sofridas na semana passada. Os dois clubes haviam sofrido multas e tinham perdido um mando de campo no Brasileirão.

A decisão foi do auditor José Perdiz, integrante do Pleno do STJD. Ele deferiu o pedido de ambos os clubes mineiros, cujas sanções ficarão suspensas até o julgamento final. Ainda não há uma data definida para este julgamento.

Cruzeiro e Atlético foram multados com valores de R$ 100 mil e R$ 130 mil, respectivamente. Cada clube sofreu ainda a perda de um mando de campo em razão das confusões ocorridas no clássico disputado no dia 10 deste mês, no Mineirão, pela 32ª rodada do Brasileirão. O Atlético sofreu multa maior - R$ 30 mil a mais - pela injúria racial de dois torcedores contra um segurança do Mineirão.

O clássico precisou contar com a intervenção da Polícia Militar com bombas e gás de pimenta. Houve diversos feridos e diversas pessoas foram detidas. O tumulto começou após o fim da partida, quando atleticanos invadiram os setores de cruzeirenses no Mineirão. Além disso, outros torcedores alvinegros que estavam na arquibancada superior atiraram cadeiras.

Antes da partida no Mineirão, 39 cruzeirenses foram detidos após entrarem em confronto no Anel Rodoviário de Belo Horizonte. Eles são integrantes das organizadas Máfia Azul e Pavilhão, ambas do Cruzeiro. As brigas entre as duas torcidas vêm ocorrendo há algum tempo, e elas não podem entrar nos estádios com bateria, faixas e bandeiras.

Outro tumulto foi registrado na chegada ao estádio, com o clássico já em andamento. A Polícia Militar teve de dispersar torcedores do Cruzeiro com gás de pimenta no lado de fora do Mineirão. Seis pessoas foram detidas, totalizando 47 presos por causa das brigas neste domingo.

No intervalo da partida, policiais voltaram a usar gás de pimenta para controlar uma confusão entre torcedores do Atlético-MG, no setor laranja do Mineirão. Várias pessoas tiverem de ser atendidas no posto médico por causa das confusões no clássico.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.