Washington Alves/Divulgação
Washington Alves/Divulgação

Cruzeiro e Atlético-MG perdem e se enfrentam na semifinal do Mineiro

Caldense termina turno como a melhor campanha do estadual

Estadão Conteúdo

05 de abril de 2015 | 19h16

A 11.ª e última rodada da fase de classificação do Campeonato Mineiro, com seus seis jogos neste domingo, reservou muitas emoções. E trouxe muitas surpresas também. Cruzeiro e Atlético perderam para Tombense e Boa, respectivamente, e agora terão de se enfrentar nas semifinais. A liderança ficou com a Caldense, que venceu e terá pela frente outra sensação, o Tombense, que ganhou do Cruzeiro, em pleno estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, e eliminou o América da luta pelo título.

Líder no início da rodada, o Cruzeiro entrou em campo contra o Tombense, no Mineirão, precisando apenas de um empate para garantir a primeira colocação. Sabendo da necessidade do rival de vencer para se classificar, o time celeste foi melhor no início e fez o primeiro gol com o centroavante Leandro Damião, aos 31 minutos de jogo. Pouco antes do intervalo, a equipe visitante obteve o empate com Jonathan, aos 44.

Na segunda etapa, a igualdade servia, já que até o Atlético estava perdendo, para garantir a liderança. Mas o inesperado para os cruzeirenses no Mineirão aconteceu e o Tombense conseguiu a virada com Coutinho, aos 16 minutos. A partir daí, a vaga nas semifinais seria do time de Tombos (MG), atual campeão da Série D do Brasileiro, e um retranca eficiente foi armada até o apito final.

Com 24 pontos, o Cruzeiro teve de amargar a segunda colocação na classificação geral porque a Caldense derrotou o Villa Nova por 1 a 0, em Nova Lima (MG) - gol de Cristiano, aos 12 minutos do segundo tempo -, e subiu para 25. O Tombense, com 20 pontos, obteve a quarta vaga e eliminou o América, que ganhou do Democrata (de Governador Valadares) por 2 a 1, no estádio Independência, em Belo Horizonte, por ter uma vitória a mais (6 a 5).

Para frustrar ainda mais o torcedor cruzeirense, e o do Atlético também, o clube alvinegro foi derrotado pelo Boa por 2 a 0, em Varginha (MG), e ficou com o terceiro lugar com 22 pontos, fazendo com que o clássico, normalmente realizado nas finais, neste ano tenha de ser disputado na fase semifinal. Gilson, no início da partida, e Chapinha, aos 11 minutos do segundo tempo, marcaram os gols que livrou a equipe do sul de Minas Gerais do rebaixamento.

Nesta segunda-feira, a Federação Mineira de Futebol (FMF) anunciará as datas e horários das semifinais, mas é provável que o primeiro clássico, com mando do Atlético, será no domingo, no Independência. Já a Caldense, por enfrentar o Tombense, tem esperança de poder fazer seu duelo como mandante, no próximo dia 19, no estádio Ronaldão, em Poços de Caldas (MG).

REBAIXAMENTO

A luta para fugir das duas últimas colocações também foi emocionante neste domingo. URT, de Patos de Minas (MG), e Guarani, de Divinópolis (MG), começaram a rodada na zona de rebaixamento e se livraram com vitórias fora de casa sobre Tupi (2 a 1, em Juiz de Fora) e Mamoré (1 a 0, em Patos de Minas). Assim, Democrata e o próprio Mamoré, ambos com 8 pontos, caíram para o Módulo II (segundo divisão) de 2016.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.