Cruzeiro é finalista da Copa Sul-Minas

O Cruzeiro venceu de virada o Atlético- MG, neste sábado, por 3 a 1, no Mineirão, e se classificou para a final da Copa Sul-Minas. O time do técnico Luiz Felipe Scolari enfrentará na decisão o Coritiba, que na última quarta-feira eliminou o Grêmio. Geovanni, Jorge Wagner e Oséas fizeram os gols do Cruzeiro e Guilherme marcou para o Galo.O Atlético, que jogava pelo empate, saiu na frente. Aos 17 minutos, num cruzamento do atacante Marques pela esquerda, a trajetória da bola foi desviada, dentro da área, com a mão pelo lateral Cléber Monteiro.O árbitro Paulo César Oliveira marcou pênalti, que Guilherme cobrou e converteu.Em desvantagem no placar, o Cruzeiro partiu para cima do adversário e, aos 24 minutos, Geovanni quase empata numa cobrança de falta. Um minuto depois o atacante cruzeirense, em tarde inspirada, aproveitou a cobrança do tiro de meta, ganhou da zaga alvinegra e tocou por cobertura na saída de Velloso, empatando o jogo. Bastante superior em campo, a equipe do técnico Luiz Felipe Scolari só não virou o marcador ainda na etapa inicial devido às ótimas defesas do goleiro atleticano.No segundo tempo, o técnico Abel Braga procurou dar mais poder ofensivo ao seu time, substituindo o lateral Cicinho pelo atacante Rinaldo. Mas o Cruzeiro voltou do intervalo no mesmo ritmo e virou a partida logo aos 4 minutos. Geovanni cruzou da direita, a bola atravessou toda a área alvinegra e o meia Jorge Wagner completou de primeira, fazendo 2 a 1. Quando o Galo ensaiava uma reação, o atacante Oséas, com muita raça, fez o terceiro do Cruzeiro. Debaixo de uma forte chuva que caía em Belo Horizonte o Atlético não teve forças para reagir.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.