Ian Salas/Efe
Ian Salas/Efe

Cruzeiro empata com Colo Colo no Chile e se classifica

Apesar de ficar no 1 a 1, equipe celeste chega aos 11 pontos e avança como um dos melhores segundos

AE, Agência Estado

16 de abril de 2010 | 00h06

Desfalcado do artilheiro Kléber, machucado, o Cruzeiro empatou por 1 a 1 com o Colo Colo nesta quinta-feira, em Santiago no Chile, e tornou-se o segundo clube brasileiro classificado às oitavas de final da Copa Libertadores da América. O primeiro foi o Corinthians.

Veja também:

LIBERTADORES - tabela Tabela e classificação

O time mineiro ficou em segundo lugar no Grupo 7, com 11 pontos, e não tem como ser ultrapassado por mais de dois vice-líderes das outras chaves. O primeiro colocado foi o Vélez, que goleou o Deportivo Itália por 4 a 0 e chegou aos 13 pontos, também garantindo vaga na fase seguinte.

O jogo em Santiago foi muito "pegado" no primeiro tempo, com muitas faltas violentas, principalmente por parte dos chilenos. Na única jogada de perigo, o colombiano Macnelly Torres arrancou pelo meio e tocou para Miralles bater em cima de Fábio, logo aos 6 minutos.

As duas equipes voltaram para a etapa final dispostas a somente jogar futebol. Logo nos primeiros minutos, os visitantes perderam boa chance com Marquinhos Paraná, e os mandantes assustaram num chute rente à trave de Miralles. Mas foi o Cruzeiro, num contra-ataque, que abriu o placar. Aos 12 minutos, Gilberto cruzou da esquerda e Thiago Ribeiro emendou de primeira, no canto direito de Prieto.

A alegria celeste, no entanto, durou pouco. Em três minutos, o Colo Colo criou três grandes chances. Na primeira, Fuenzalida perdeu o gol sozinho na pequena área. Na segunda, Millar recebeu em condição legal e bateu cruzado para empatar. Na terceira, em jogada idêntica à anterior, Miralles chutou forte e Fábio defendeu com a ponta dos dedos.

Inconformado com a facilidade com que os chilenos criavam jogadas pelo lado direito, o técnico Adílson Batista trocou o lateral-esquerdo Diego Renan pelo zagueiro Thiago Heleno. O Cruzeiro reequilibrou as ações e jogou os últimos 10 minutos com um homem a mais devido à expulsão do zagueiro Scotti, mas não soube tirar proveito e terá que decidir seu confronto das oitavas de final fora de casa.

COLO COLO 1 X 1 CRUZEIRO

Colo Colo - Prieto; Magalhães (Fuenzalida), Toro, Scotti e Cereceda (Quiroga); Aránguiz, Meléndez, Millar e Torres; Miralles e Bogado. Técnico - Hugo Tocalli

Cruzeiro - Fábio; Jonathan, Gil, Leonardo Silva e Diego Renan (Thiago Heleno); Fabinho (Fabrício), Henrique, Marquinhos Paraná e Gilberto; Wellington Paulista (Roger) e Thiago Ribeiro. Técnico - Adilson Batista

Gols - Thiago Ribeiro, aos 12, e Millar, aos 14 minutos do segundo tempo

Árbitro - Carlos Torres (PAR)

Cartões amarelos - Miralles, Leonardo Silva, Gil, Aránguiz, Melendez

Cartão vermelho - Scotti

Local - estádio Monumental, em Santiago (CHI)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.